Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução e perspectivas do mercado de carbono no Brasil: os padrões de avaliação

Processo: 13/15150-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Pesquisador responsável:Sônia Regina Paulino
Beneficiário:Thais Camolesi Guimarães
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/00081-5 - Mercado de carbono e oportunidades para a inovação em serviços públicos relacionados aos resíduos sólidos urbanos, AP.JP
Assunto(s):Indicadores de desenvolvimento sustentável   Mercado de carbono

Resumo

O objetivo do projeto é identificar e analisar oportunidades de inovação em serviços públicos relacionados aos resíduos sólidos urbanos que podem resultar da implantação de projetos do mercado de carbono e que estejam vinculadas à geração de melhorias socioambientais locais. Com base no Protocolo de Quioto, uma alternativa que vem ganhando espaço na atuação de agentes públicos e privados é a criação de novos mercados onde são transacionados certificados de emissões reduzidas (CER). Verifica-se que, além de focalizar a finalidade de redução de emissão de gases de efeito estufa, a criação de créditos de carbono deve ser acompanhada da promoção da sustentabilidade social, ambiental, econômica, étnica, cultural e tecnológica, com contribuições notáveis para a construção de uma sociedade sustentável, conforme preconizado no Artigo 12 do Protocolo de Quioto e no Anexo III do Documento de Concepção do Projeto (DCP) do mecanismo de desenvolvimento limpo (MDL). Então, o mercado de carbono pode ser analisado e avaliado como um mecanismo de redução de gases de efeitos estufa e também como um mecanismo mais complexo, englobando questões socioambientais locais nos países receptores de projetos. O presente projetode pesquisa propõe uma nova perspectiva de análise da contribuição dos projetos do mercado de carbono em aterros sanitários, adotando um enfoque ampliado voltado para a identificação e análise de oportunidades de geração de melhorias socioambientais locais, com base na utilização da estrutura analítica da inovação em serviços e aplicando um modelo multiagentes (que considera provedores de serviços, usuários e tomadores de decisão). Para a pesquisa empírica serão considerados os projetos de MDL nos aterrosBandeirantes e São João, localizados na cidade de São Paulo.