Busca avançada
Ano de início
Entree

O estabelecimento da macroeconomia de equilíbrio de robert e. lucas jr. e seus diferentes usos da hipótese das expectativas racionais

Processo: 13/02992-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Pesquisador responsável:Pedro Garcia Duarte
Beneficiário:Danilo Freitas Ramalho da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):História do pensamento econômico

Resumo

Minha pesquisa de pós-doutorado tem como objetivo fazer uma análise histórica da evolução da macroeconomia nos anos 1970 através do trabalho de Robert E. Lucas Jr.. A abordagem macroeconômica de equilíbrio proposta por Lucas (1972), caracterizada por um modelo de equilíbrio geral com expectativas racionais, lançou uma nova agenda de pesquisa na área, que ganhou adeptos e críticos, principalmente no que se refere ao uso da hipótese das expectativas racionais. O lançamento dessa nova agenda de pesquisa implicou um ataque ao paradigma keynesiano vigente e teve consequências teóricas e de política econômica que se estendem até os dias de hoje. Em minha pesquisa, eu pretendo reconstruir a trajetória do trabalho de Lucas, nos anos 1970, analisando sua produção teórica, suas relações pessoais e profissionais, seus diferentes usos e justificativas para a hipótese das expectativas racionais e as implicações de sua abordagem de equilíbrio para a política econômica, dando continuidade à minha agenda de pesquisa sobre a história da macroeconomia no período pós-segunda guerra mundial. Um exercício semelhante sobre os diferentes usos da hipótese das expectativas racionais foi feito por Sent (1998) - para o trabalho de Thomas Sargent -, o que abriu caminho para novas análises históricas que investigassem os usos da hipótese das expectativas racionais no trabalho de outros economistas. Minha pesquisa pretende trilhar esse caminho aberto por Sent (1998) ao interpretar os diferentes usos da hipótese das expectativas racionais no trabalho de Robert Lucas, nos anos 1970, no contexto de estabelecimento de seu programa de pesquisa da macroeconomia de equilíbrio.