Busca avançada
Ano de início
Entree

Arte contemporânea e arquivo: como tornar público, o Arquivo Público?

Processo: 13/08130-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Giselle Beiguelman
Beneficiário:Ana Mattos Porto Pato
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Arte contemporânea   Acervo   História da arte

Resumo

A falta de procedimentos para transcrever, traduzir e guardar os documentos artísticos contemporâneos em arquivos digitais, e a urgência em gerir a documentação residual das exposições de arte contemporânea têm intensificado a investigação teórica e artística em torno do arquivo de arte. Apesar de abundante, a compulsão arquivista é ainda deficitária quando se trata da descrição e da sistematização dos procedimentos realizados pelas instituições culturais e museológicas para preservar a arte contemporânea. Por outro lado, artistas têm se voltado aos arquivos dos museus em busca de novas formas de contar a história. Observa-se a recorrência, cada vez mais frequente, de obras efêmeras, criadas a partir de processos digitais, como o vídeo, a fotografia, a internet ou, ainda, os projetos instalativos, concebidos e montados como sistemas dinâmicos que ligam áudio, vídeo e objetos. Por outro lado, a necessidade de preservar estas obras resultou na constituição de acervos pequenos, criados fora de instituições museológicas, a exemplo dos arquivos de festivais e instituições, tais como, o Electronic Arts Intermix (EAI), o Netherlands Media Art Institute e o Acervo Videobrasil, entre outros. Esta pesquisa, portanto, por meio do exame das práticas institucionais e artísticas ligadas ao arquivo, pretende repensar o arquivo de arte que tem como problema fulcral, hoje, delimitar-se diante do espaço virtual. Entendemos ser este um caminho importante para a reflexão sobre o futuro do museu.

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa:
O destino incerto dos acervos policiais 

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANA MATTOS PORTO PATO. Arte contemporânea e arquivo: como tornar público o arquivo público?. 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.