Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma atualização do Índice de Vulnerabilidade Socioclimática para o Brasil

Processo: 13/09742-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:David Montenegro Lapola
Beneficiário:João Paulo Darela Filho
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/58161-1 - Assessment of impacts and vulnerability to climate change in Brazil and strategies for adaptation option, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Adaptação cultural   Avaliação de programas e instrumentos de pesquisa   Análise de vulnerabilidade   Mudança climática

Resumo

A dificuldade na comunicação entre cientistas e tomadores de decisão pode ser atribuída em parte a falhas na tradução dos resultados científicos em opções de ação estratégicas e/ou políticas viáveis. A proposta do Índice de Vulnerabilidade Sócioclimática ou SCVI, acrônimo do inglês Socio-Climatic Vulnerability Index, é traduzir a complexidade e quantidade dos dados produzidos e compilados por cientistas do clima e da sociedade de maneira clara e confiável possibilitando um melhoramento na comunicação entre os cientistas e os tomadores de decisão. A primeira versão do SCVI publicada no ano de 2012 foi calculada a partir da combinação numérica de indicadores sociais referentes ao ano 2000 e projeções climáticas do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima (IPCC), publicados em 2007. Diante da divulgação de novos resultados, tanto em termos de indicadores sociais (novos dados de IDH para o ano de 2010) como de projeções climáticas (Quinto Relatório do IPCC), faz-se necessária e estratégica uma atualização do SCVI, que é o objetivo central deste projeto. A comparação entre uma versão atualizada do índice com aquela desenvolvida anteriormente será relevante para identificar eventuais mudanças no padrão espacial de vulnerabilidade socioclimática no país. Isso por sua vez pode ter implicações para a identificação de regiões prioritárias em termos de políticas de adaptação às mudanças climáticas projetadas para as próximas décadas no país. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DARELA FILHO, JOAO PAULO; LAPOLA, DAVID M.; TORRES, ROGER R.; LEMOS, MARIA CARMEN. Socio-climatic hotspots in Brazil: how do changes driven by the new set of IPCC climatic projections affect their relevance for policy?. Climatic Change, v. 136, n. 3-4, p. 413-425, JUN 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.