Busca avançada
Ano de início
Entree

Comunicação pública, cidadania e internet: a popularização da ciência nos portais eletrônicos de governo

Processo: 13/01819-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de maio de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação
Pesquisador responsável:Danilo Rothberg
Beneficiário:Aline Cristina Camargo
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/13042-6 - E-governo, comunicação pública e engajamento cívico: o papel da informação online para o fortalecimento da democracia no Brasil e nos Estados Unidos, BE.EP.MS
Assunto(s):Cidadania   Comunicação pública   Divulgação científica   Direito à informação

Resumo

A comunicação pública pode assumir o relevante papel de ser uma ferramenta mediadora da integração entre ciência, tecnologia e sociedade. A popularização da ciência através da comunicação pública deve ser vista como vetor de inclusão social e subsídio para a democratização do conhecimento, em direção a práticas de gestão e controle social mais efetivas, apontando para a necessidade de que a opinião pública seja considerada como mais um dos indicadores relevantes para a gestão de políticas públicas da área. Entre as ações de comunicação pública sobre políticas de ciência e tecnologia na atualidade no Brasil, destacam-se os portais eletrônicos de governo das unidades federativas, que incluem páginas específicas das secretarias da área. Políticas e programas desenvolvidos pelas instâncias estaduais de gestão têm sido cada vez mais divulgados na internet, o que suscita questões de pesquisa sobre a qualidade das realizações de comunicação na área. Este projeto propõe identificar a potencial contribuição da comunicação pública digital sobre ciência e tecnologia à afirmação da cidadania, considerada em sua dimensão de exercício do direito à informação. Os objetivos específicos são: a) avaliar a qualidade da comunicação pública digital como fonte de informação sobre o desempenho de políticas estaduais e federais de ciência e tecnologia diante das demandas de desenvolvimento social e econômico e do investimento público nos sistemas públicos de ensino superior; b) investigar o contexto e a profundidade das informações sobre políticas públicas de ciência e tecnologia presentes nos portais eletrônicos de governo das 27 unidades federativas brasileiras em relação a cinco categorias de análise: antecedentes e diagnósticos; objetivos e metas; públicos beneficiados; impactos sociais; impactos ambientais; c) propor, diante dos resultados encontrados a respeito da qualidade da comunicação pública digital sobre ciência e tecnologia, estratégias de gestão da comunicação nos portais eletrônicos de governo, apropriadas ao aperfeiçoamento da oferta de informações sobre o desempenho das políticas públicas do setor.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.