Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um sistema para o diagnóstico precoce do diabetes mellitus tipo 2

Processo: 13/10608-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Valtencir Zucolotto
Beneficiário:Laís Canniatti Brazaca
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Adiponectina   Técnicas biossensoriais   Detecção   Diabetes mellitus

Resumo

A obesidade tem aumentado dramaticamente nos últimos anos, tornando-se o maior fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, vários tipos de câncer, e também do Diabetes mellitus tipo 2 (DM 2). A associação da obesidade com o desenvolvimento do DM 2 pode ser explicada, em parte, pela secreção alterada pelo tecido adiposo de adipocinas, como a adiponectina, a qual exibe propriedades antiinflamatórias e de sensibilização à insulina. O excesso do tecido adiposo regula negativamente a secreção de adiponectina. Como os diagnósticos biomoleculares são extensos e de alto custo e, dessa maneira, ainda praticamente inacessíveis à grande parcela da população, o desenvolvimento de novas metodologias e de ferramentas de diagnóstico confiáveis e de baixo custo (que possam ser implementados pelo sistema único de saúde - SUS) é imprescindível. Neste projeto propomos o desenvolvimento de dispositivos de detecção e quantificação de adiponectinas, baseados na utilização de biossensores nanoestruturados e a investigação da relação da concentração deste hormônio com o estado de saúde de pacientes. Este estudo poderá propiciar, possivelmente, o diagnóstico precoce do DM 2, através de dispositivos mais baratos e rápidos. O projeto é de caráter pioneiro e inovador pois os produtos biotecnológicos a serem desenvolvidos podem ser de grande interesse ao complexo industrial da saúde (CIS), em particular, ao setor de diagnóstico de equipamentos hospitalares, considerados como pilares do CIS, e onde o país apresenta atualmente maior dependência de tecnologias estrangeiras. Os resultados podem contribuir significativamente para que a Nanomedicina implante sua base preventiva em muitas patologias, o que poderá impactar significativamente no sistema de saúde do Brasil, enfatizando o potencial aspecto social do projeto.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRAZACA, LAIS C.; JANEGITZ, BRUNO C.; CANCINO-BERNARDI, JULIANA; ZUCOLOTTO, VALTENCIR. Transmembrane Protein-Based Electrochemical Biosensor for Adiponectin Hormone Quantification. CHEMELECTROCHEM, v. 3, n. 6, p. 1006-1011, JUN 2016. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BRAZACA, Laís Canniatti. Desenvolvimento de um sistema para o diagnóstico precoce do diabetes mellitus tipo 2. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

BIOSSENSORES PARA DETECÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DO HORMÔNIO ADIPONECTINA EM UMA AMOSTRA BIOLÓGICA; MÉTODO DE PRODUÇÃO DOS BIOSSENSORES PARA DETECÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DO HORMÔNIO ADIPONECTINA; E MÉTODO DE DIAGNÓSTICO DE DISFUNÇÕES METABÓLICAS BR1020140246053 - Universidade de São Paulo (USP) . Valtencir Zucolotto; Laís Canniatti Brazaca; Bruno Campos Janegitz; Juliana Cancino Bernardi - 02 de outubro de 2014

 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.