Busca avançada
Ano de início
Entree

Descoberta e planejamento de inibidores da síntese de folatos como candidatos a defensivos agrícolas para a cultura da cana-de-açúcar

Processo: 13/04737-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Rafael Victorio Carvalho Guido
Beneficiário:Renata Vieira Bueno
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/08042-9 - Descoberta e planejamento de novos agentes antibacterianos candidatos a defensivos agrícolas para a cultura da cana-de-açúcar: triagem biológica, química medicinal e biologia estrutural, AP.BIOEN.JP
Bolsa(s) vinculada(s):16/16038-5 - Exploração de estratégias de triagem para identificar inibidores de n°,5 N10: metilenotetrahidrofolato desidrogenase-ciclohidrolase de Xanthomonas albilineans, BE.EP.DR
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Enzimas   Inibidores

Resumo

O desenvolvimento sustentável apresenta como aspecto marcante a utilização do conhecimento científico para gerar inovações tecnológicas que auxiliam na melhoria das condições de vida dos seres humanos. Um dos principais objetos de pesquisas nesse segmento visa à geração de energia limpa a partir de fontes renováveis. Nesse contexto, a cana-de-açúcar destaca-se como uma das principais fontes de energia alternativa e sustentável. O cultivo da cana-de-açúcar é influenciado por diversos fatores, entre eles, cita-se a escaldadura das folhas, causada pela bactéria Xanthomonas albilineans. A escaldadura das folhas é uma das fitopatologias mais importantes que atingem os canaviais levando à significativa diminuição da produtividade, necessidade de reforma precoce das plantações e queda da qualidade do caldo extraído. A ausência de agentes químicos ou biológicos para o controle somado ao impacto dessa importante fitopatologia da cana-de-açúcar estimula a pesquisa para a descoberta e desenvolvimento de moléculas bioativas como candidatos a novos defensivos agrícolas. A biossíntese de folatos, essencial para a replicação bacteriana, é uma via metabólica interessante para o planejamento de inibidores. Nessa via, destaca-se a enzima N5,N10-metilenotetrahidrofolato desidrogenase (FolD) que constitui um alvo molecular extremamente atrativo para o desenvolvimento de novos agroquímicos. O projeto de pesquisa visa a elucidação da estrutura tridimensional da enzima FolD de Xanthomonas albilineans (XaFolD) e a descoberta de inibidores potentes e seletivos como candidatos a novos defensivos agrícolas para cultura da cana-de-açúcar. Para tanto, serão empregados estudos integrados em Biologia Molecular Estrutural (e.g., clonagem, expressão, purificação, cristalização, coleta de dados, complexos cristalográficos) e Química Medicinal (e.g., ensaios enzimáticos, triagem biológica, determinação de propriedade biológica, modelagem molecular).Essa proposta está vinculada ao Programa Jovem Pesquisador e é essencial para a condução plena do projeto intitulado "Descoberta e Planejamento de Novos Agentes Antibacterianos Candidatos a Defensivos Agrícolas para a Cultura da Cana-de-Açúcar: Triagem Biológica, Química Medicinal e Biologia Estrutural" (FAPESP 2011/08042-9) atualmente em desenvolvimento no Laboratório de Química Medicinal e Computacional (LQMC) e Centro de Biotecnologia Molecular Estrutural (CBME), do Instituto de Física de São Carlos-USP. Os laboratórios do LQMC-CBME possuem completa infraestrutura para a realização de todas as etapas propostas neste projeto de pesquisa. Nosso grupo de pesquisa faz parte da Organização Mundial de Saúde (WHO, World Health Organization) como Centro de Referência Mundial em Química Medicinal para Doença de Chagas, e também do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia do MCT/MS/CNPq/FAPESP, como Instituto Nacional de Biotecnologia Estrutural e Química Medicinal em Doenças Infecciosas (INBEQMeDI), o que demonstra a qualidade do grupo na área de doenças infecciosas e a importância desta proposta no contexto de iniciativas para o desenvolvimento de novos compostos bioativos para o controle seguro e manejo eficaz da escaldadura das folhas.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.