Busca avançada
Ano de início
Entree

Valores de referência e equação de previsão para o shuttle walk teste na população pediátrica

Processo: 13/11394-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Fernanda de Cordoba Lanza
Beneficiário:Eduardo Do Prado Zagatto
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Crianças   Adolescentes   Capacidade funcional

Resumo

Testes clínicos de campo, tais como o teste da caminhada e o shuttle walk teste incremental (SWTI), têm sido amplamente utilizados na prática clínica, pois não necessitam de equipamentos caros e podem ser realizados por apenas um profissional. Embora amplamente utilizado na população adulta, na população infantil o SWTI tem sido menos explorado como instrumento de avaliação da capacidade funcional. Razão para isso pode ser o fato de não haver equação de referência que possa predizer a distância percorrida. Objetivo: Determinar os valores de referência e descrever equação de previsão para o Shuttle walk teste incremental na população pediátrica. Materiais e Método: Será realizado um estudo transversal em indivíduos saudáveis provenientes de escolas de ensino médio e fundamental. Critérios de inclusão: indivíduos entre 6 e 18 anos, sem doenças cardiopulmonares agudas ou crônicas, ausência de disfunção neuromuscular, espirometria dentro dos limites da normalidade. Critérios de exclusão: praticar atividade física mais de duas vezes por semana, não conseguir executar os testes de maneira satisfatória, utilização de medicação cronicamente, tabagismo, VEF1 e CVF inferior a 80% do previsto, nascimento prematuro. A função pulmonar será avaliada pela espirometria. A mesma será realizada no início do protocolo para determinar a normalidade da função pulmonar. O SWTI consiste em caminhar em terreno plano percorrendo de maneira repetida uma distância conhecida de 10 metros, ao redor de uma marcação de dois cones. Serão realizados dois testes e utilizado aquele que o voluntário apresentar melhor desempenho, ou seja, maior distância percorrida. Ao início e final do teste serão avaliados a frequência cardíaca, pressão arterial e sensação de cansaço nos membros inferiores e dispnéia pela escala de Borg. A SpO2 será monitorada continuamente durante o teste.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LANZA, FERNANDA DE CORDOBA; ZAGATTO, EDUARDO DO PRADO; SILVA, JACKSOEL CUNHA; RODRIGUES SELMAN, JESSYCA PACHI; GONCALVES IMPERATORI, TREICE BEATRIZ; MILANI ZANATTA, DRIELLY JESICA; DE CARVALHO, LUANA NASCIMENTO; REIMBERG, MARIANA MAZZUCA; DAL CORSO, SIMONE. Reference Equation for the Incremental Shuttle Walk Test in Children and Adolescents. JOURNAL OF PEDIATRICS, v. 167, n. 5, p. 1057-1061, NOV 2015. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.