Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação comunicativa entre crianças e adolescentes com deficiência auditiva que utilizam comunicação oral e seus país

Processo: 13/11801-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Eliane Maria Carrit Delgado-Pinheiro
Beneficiário:Laura Mochiatti Guijo
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Deficiência auditiva   Implante da cóclea   Família   Audiologia educacional

Resumo

O envolvimento familiar é um dos aspectos fundamentais na intervenção fonoaudiológica com as crianças e os adolescentes deficientes auditivos, pois o sucesso da (re)habilitação depende da permeabilidade e credibilidade da família na proposta terapêutica, proporcionando a criança deficiente auditiva o desenvolvimento das habilidades auditivas e aprendizado da linguagem falada. Este estudo tem como objetivo analisar a interação comunicativa entre pais e crianças ou adolescentes com deficiência auditiva que utilizam comunicação oral por meio da avaliação de filmagens. Participarão deste estudo pais ou responsáveis de 20 crianças e adolescentes com deficiência auditiva neurossensorial pré-lingual, que utilizam o Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI) e/ou Implante Coclear (IC) e frequentam ou já frequentaram um programa de intervenção fonoaudiológica com abordagem aurioral. Será utilizado o procedimento de Checklist, que apresenta 22 comportamentos que analisam a interação quanto à estimulação da audição e linguagem. Os referidos comportamentos deverão ser pontuados a partir de uma escala Lickert e classificados como "raramente", "ocorre" e "frequentemente". A interação entre crianças e adolescentes com deficiência auditiva e seus respectivos pais ou responsáveis será filmada para posterior análise de três juízes com experiência na área de audiologia educacional. Os resultados desse estudo poderão fomentar discussões sobre estratégias que viabilizem as orientações e participação familiar. Palavras-Chaves: Deficiência auditiva; Implante coclear; Família.