Busca avançada
Ano de início
Entree

Propriedades ópticas lineares e não-lineares de ferrofluidos: efeito do tamanho das nanopartículas

Processo: 13/13384-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Antonio Martins Figueiredo Neto
Beneficiário:Eduardo Sell Gonçalves
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/13616-4 - Propriedades ópticas e estruturais de elastômeros e fluidos complexos de interesse biológico, AP.TEM
Assunto(s):Óptica não linear   Técnica de varredura-Z   Ferrofluidos   Absorção   Propriedades ópticas   Nanopartículas

Resumo

Ferrofluidos são suspensões coloidais de partículas magnéticas com diâmetro em torno de 10nm dispersas em um líquido carregador que pode ser polar ou apolar. Os ferrofluidos possuem aplicações em diversas áreas, sendo comumente usados como vedação mecânica em eixos de disco-rígidos, para redução de atrito quando aplicado sobre a superfícies de imãs fortes, bem como para remover calor de alto-falantes. Além disso, são utilizados na biomedicina como contraste para imagem por ressonância magnética. Existem ainda estudos no tratamento do câncer por termoterapia utilizando ferrofluidos, bem como no revestimento das partículas por moléculas biológicas para o carregamento de fármacos para uma região específica do corpo. Assim, ferrofluidos baseados em nanopartículas de ferrites, produzidos no Grupo de Fluidos Complexos da Universidade de Brasília, serão estudados a fim de determinar a relação entre propriedades ópticas lineares e não-lineares e o diâmetro das nanopartículas. Diferentes soluções, com partículas de diâmetro médio entre 3nm e 15nm e formadas por ferrites, MFe2O4 (M = Co, Cu, Ni, Zn, Mn), em especial por ferrite de cobalto, CoFe2O4, serão estudadas por meio de um espectrofotômetro, para a determinação de parâmetros lineares, como absorção linear e determinação do gap de energia das nanopartículas, bem como da técnica de varredura-z, para determinação dos parâmetros não-lineares, como absorção e índice de refração não linear. Tais resultados serão comparados com o tamanho das nanopartículas, buscando determinar a relação entre aquelas propriedades e o diâmetro médio das partículas em solução. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GONÇALVES, Eduardo Sell. Estrutura, propriedades magnéticas, ópticas lineares e não lineares de ferrofluidos: efeito do tamanho das nanopartículas. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.