Busca avançada
Ano de início
Entree

Autoria das pinturas ilusionistas do estado de São Paulo: São Paulo, Itu e Mogi das Cruzes

Processo: 13/04082-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes
Pesquisador responsável:Percival Tirapeli
Beneficiário:Danielle Manoel dos Santos Pereira
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pinturas (arte)   São Paulo   Itu   Artes visuais   Autoria   Igreja católica   São Paulo (SP)   Mogi das Cruzes (SP)   Itu (SP)

Resumo

A pintura de perspectiva ou ilusionista foi um dos métodos utilizados pelos artistas dos séculos XVI ao XIX - no período do Renascimento ao Rococó - para envolver o espectador com a arquitetura e a pintura chamada de trompe l'oeil. Dessa forma, os pintores sacros, utilizando métodos desenvolvidos pelos teóricos e tratadistas do ilusionismo pictórico, fantasiavam com aqueles recursos, as abóbadas, ou os forros das construções sacras para que o espaço celeste (visão) pudesse estar em comunhão direta com os ditames do Concílio de Trento. Empregada nas pinturas europeias (efeitos perspécticos ou quadratura) foi aqui implantada desde 1732 por Caetano da Costa Coelho (ativo no de Rio de 1706 a 1749) no Rio de Janeiro e José Joaquim da Rocha (1737-1807) na Bahia, em Minas Gerais a pintura de perspectiva atinge o ponto máximo com a obra de Manuel da Costa Ataíde (1762-1830) - Mestre Ataíde. Logo, há no Brasil inúmeras igrejas coloniais que possuem pinturas ilusionistas. Dentre as obras do estado de São Paulo, algumas merecem especial atenção por suas particularidades e especificidade, são as pinturas situadas na cidade de São Paulo, Itu e Mogi das Cruzes. Algo que não é recorrente na história da pintura paulista, o uso de pinturas Ilusionistas, mas em algumas igrejas destas cidades em especial, são detentoras de obras dessa categoria. Partindo dessa especificidade, a presente pesquisa tem por objetivo averiguar as autorias das pinturas ilusionistas localizadas nas igrejas coloniais das cidades, propostas acima, levantar as influências exercidas sobre a técnica utilizada para tais obras e analisar seus múltiplos aspectos, em virtude da carência de estudos sobre essas pinturas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa:
O renascimento do barroco paulista 

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEREIRA, Danielle Manoel dos Santos. Autoria das pinturas ilusionistas do estado de São Paulo : São Paulo, Itu e Mogi das Cruzes (Brasil). 2017. 407 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Artes..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.