Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da diversidade química e espectral de espécies arbóreas da Floresta Atlântica: implicações para o monitoramento por sensoriamento remoto

Processo: 13/11589-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Yosio Edemir Shimabukuro
Beneficiário:Matheus Pinheiro Ferreira
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Mata Atlântica   Espectroscopia

Resumo

Investigações sobre a composição florística e ciclos biogeoquímicos de florestas tropicais são de grande importância para sua conservação e manejo sustentável. Neste contexto, o sensoriamento remoto hiperespectral vem sendo utilizado na identificação de espécies arbóreas e estudos de química do dossel. Apenas recentemente estudos desta natureza tornam-se possíveis em regiões de floresta tropical, devido à aquisição de imagens hiperespectrais adquiridas a bordo de aeronaves. Por isso, metodologias e técnicas para explorar estes dados nas mencionadas aplicações estão em estágios iniciais de desenvolvimento. A recente obtenção de imagens hiperespectrais de alta resolução espacial sobre áreas de Floresta Atlântica, abriram novas oportunidades de pesquisa relacionadas ao seu monitoramento. No entanto, é necessário conhecer em detalhe a diversidade química e espectral das espécies arbóreas desta floresta. Sendo assim, o objetivo principal deste projeto de doutorado é estudar a diversidade química e espectral de espécies arbóreas da Reserva de Santa Genebra, localizada no município de Campinas/SP, por meio de análises químicas, espectroscopia de reflectância de folhas e imagens hiperespectrais do sensor ProSpecTIR-VS. Os objetivos específicos incluem: (i) Explorar o potencial de imagens hiperespectrais do sensor ProSpecTIR-VS no reconhecimento remoto de espécies arbóreas; (ii) Estudar a dinâmica química e espectral ao longo de um ano das espécies arbóreas; (iii) Avaliar a capacidade de dados hiperespectrais em estimar a concentração de substâncias químicas de folhas e do dossel de espécies arbóreas. Espera-se com esta pesquisa contribuir para o avanço de investigações sobre a diversidade biológica do Bioma Mata Atlântica, bem como, subsidiar estudos sobre o reconhecimento remoto de espécies arbóreas e química do dossel a nível orbital.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Estudos apoiados pela FAPESP ganham Prêmio Capes de Tese 2018  
Estudos apoiados pela FAPESP ganham Prêmio Capes de Tese 2018  
Espécies de árvores da Mata Atlântica são mapeadas com sensores remotos 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WAGNER, FABIEN HUBERT; FERREIRA, MATHEUS PINHEIRO; SANCHEZ, ALBER; HIRYE, MAYUMI C. M.; ZORTEA, MACIEL; GLOOR, EMANUEL; PHILLIPS, OLIVER L.; DE SOUZA FILHO, CARLOS ROBERTO; SHIMABUKURO, YOSIO EDEMIR; ARAGAO, LUIZ E. O. C. Individual tree crown delineation in a highly diverse tropical forest using very high resolution satellite images. ISPRS JOURNAL OF PHOTOGRAMMETRY AND REMOTE SENSING, v. 145, n. B, p. 362-377, NOV 2018. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.