Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da diversidade química e espectral de espécies arbóreas da Floresta Atlântica: implicações para o monitoramento por sensoriamento remoto

Processo: 13/11589-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Yosio Edemir Shimabukuro
Beneficiário:Matheus Pinheiro Ferreira
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos, SP, Brasil
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Mata Atlântica   Espectroscopia

Resumo

Investigações sobre a composição florística e ciclos biogeoquímicos de florestas tropicais são de grande importância para sua conservação e manejo sustentável. Neste contexto, o sensoriamento remoto hiperespectral vem sendo utilizado na identificação de espécies arbóreas e estudos de química do dossel. Apenas recentemente estudos desta natureza tornam-se possíveis em regiões de floresta tropical, devido à aquisição de imagens hiperespectrais adquiridas a bordo de aeronaves. Por isso, metodologias e técnicas para explorar estes dados nas mencionadas aplicações estão em estágios iniciais de desenvolvimento. A recente obtenção de imagens hiperespectrais de alta resolução espacial sobre áreas de Floresta Atlântica, abriram novas oportunidades de pesquisa relacionadas ao seu monitoramento. No entanto, é necessário conhecer em detalhe a diversidade química e espectral das espécies arbóreas desta floresta. Sendo assim, o objetivo principal deste projeto de doutorado é estudar a diversidade química e espectral de espécies arbóreas da Reserva de Santa Genebra, localizada no município de Campinas/SP, por meio de análises químicas, espectroscopia de reflectância de folhas e imagens hiperespectrais do sensor ProSpecTIR-VS. Os objetivos específicos incluem: (i) Explorar o potencial de imagens hiperespectrais do sensor ProSpecTIR-VS no reconhecimento remoto de espécies arbóreas; (ii) Estudar a dinâmica química e espectral ao longo de um ano das espécies arbóreas; (iii) Avaliar a capacidade de dados hiperespectrais em estimar a concentração de substâncias químicas de folhas e do dossel de espécies arbóreas. Espera-se com esta pesquisa contribuir para o avanço de investigações sobre a diversidade biológica do Bioma Mata Atlântica, bem como, subsidiar estudos sobre o reconhecimento remoto de espécies arbóreas e química do dossel a nível orbital.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Estudos apoiados pela FAPESP ganham Prêmio Capes de Tese 2018  
Espécies de árvores da Mata Atlântica são mapeadas com sensores remotos 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WAGNER, FABIEN HUBERT; FERREIRA, MATHEUS PINHEIRO; SANCHEZ, ALBER; HIRYE, MAYUMI C. M.; ZORTEA, MACIEL; GLOOR, EMANUEL; PHILLIPS, OLIVER L.; DE SOUZA FILHO, CARLOS ROBERTO; SHIMABUKURO, YOSIO EDEMIR; ARAGAO, LUIZ E. O. C. Individual tree crown delineation in a highly diverse tropical forest using very high resolution satellite images. ISPRS JOURNAL OF PHOTOGRAMMETRY AND REMOTE SENSING, v. 145, n. B, p. 362-377, NOV 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.