Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação dè marcadores moleculares Pará diagnóstico e prognóstico dò adenocarcinoma de pâncreas

Processo: 12/25340-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Eduardo Moraes Rego Reis
Beneficiário:Carlos Alexandre Fedrigo
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transcriptoma   Exoma   Oncologia

Resumo

O câncer de pâncreas é responsável por cerca de 2% de todos os tipos de câncer diagnosticados no Brasil e o único tratamento curativo disponível é a remoção cirúrgica do tumor em estados iniciais da doença. A prevenção, detecção precoce e tratamento ainda enfrentam sérios problemas e é urgente a identificação de novos marcadores para diagnóstico e prognóstico da doença. Embora mutações somáticas em alguns genes (KRAS2, CDKN2A, TP53 e SMAD4) sejam frequentemente encontradas nos adenocarcinoma de pâncreas, estudos recentes tem revelado uma grande heterogeneidade de mutações nestes tumores, o que justifica a realização de análises extensivas para identificar mutações somáticas adicionais que possam ser úteis clinicamente. Pretendemos no presente projeto utilizar sequenciamento de alta-capacidade (Next Generation Sequencing - NGS) para analisar o transcritoma e exoma (DNA) de amostras cirúrgicas pâncreas com diferentes graus de malignidade a fim de identificar alterações transcricionais e somáticas associadas com a transformação maligna e progressão do adenocarcinoma do pâncreas. Iremos catalogar e comparar a expressão de RNAs codificadores e não-codificadores de proteínas em fragmentos de adenocarcinoma ductal de pâncreas (PDAC), lesões precursoras (neoplasias intraepiteliais, PanINs) e tecido não-tumoral isolados do mesmo tumor. Após otimizar métodos para a análise em escala genômica de amostras de pâncreas provenientes de biópsias obtidas por ecoendoscopia aspirativa por agulha fina (EUS-FNA), iremos utilizar NGS para catalogar e pesquisar mutações somáticas de ponto prevalentes no exoma de amostras de PDAC e em tumores císticos mucinosos. Os candidatos identificados serão testados em painéis de amostras de RNA/DNA provenientes de tecido pancreático, fluido cístico e sangue de pacientes com PDAC e lesões precursoras a fim de avaliar seu potencial uso no diagnóstico precoce e/ou predição de evolução clínica da doença.