Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da dialética nacional-universal em quatro romances brasileiros contemporâneos

Processo: 13/05595-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Teoria Literária
Pesquisador responsável:Andrea Saad Hossne
Beneficiário:Gisele Novaes Frighetto
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pós-modernismo   Romance   Literatura brasileira

Resumo

Este projeto propõe estudar a dialética entre nacional e universal na literatura brasileira e investigar seus desdobramentos na pós-modernidade e na produção de quatro ficcionistas brasileiros contemporâneos. Compreende que, no contexto de produção atual, o romance brasileiro pode assumir identidades heterogêneas, nas quais universalidade e nacionalidade se entrecruzam e dialogam com a hibridação de culturas. Também busca analisar como nos romances é esteticamente formulada a temática e a forma do romance memorialista, o que está relacionado às configurações assumidas pela narrativa ficcional no pós-modernismo. Esses aspectos serão estudados nos romances Dois irmãos (2000), de Milton Hatoum; Mamma, son tanto Felice (2005), de Luiz Ruffato; O sol se põe em São Paulo (2007), de Bernardo Carvalho e Diário da queda (2011), de Michel Laub. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FRIGHETTO, Gisele Novaes. Contradições do contemporâneo: a memória, o nacional e o universal em O sol se põe em São Paulo e Diário da queda. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.