Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação da podoplanina no processo de remodelação celular em tumores odontogênicos benignos e tumores epiteliais malignos de boca.

Processo: 13/16036-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Denise Tostes Oliveira
Beneficiário:Laís Priscila de Santis
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/13411-6 - Participação da podoplanina no processo de remodelação celular em tumores odontogênicos benignos e tumores epiteliais malignos de boca, AP.R
Assunto(s):Patologia bucal   Neoplasias bucais   Tumores odontogênicos   Podoplanina

Resumo

A associação da podoplanina com a ezrin, moesin e Rho-A no processo de remodelação celular tem sido sugerida porém ainda não foi investigada. O objetivo deste estudo é o de verificar a correlação da expressão da podoplanina com a da ezrin, moesin e RhoA em dois tipos distintos de neoplasias de boca: tumores odontogênicos benignos (ameloblastomas, tumores odontogênicos queratocísticos, tumores odontogênicos adenomatóides, tumores odontogênicos epiteliais calcificantes, fibromas ameloblásticos,fibroodontomas ameloblásticos e tumores odontogênicos císticos calcificantes) e em carcinomas espinocelulares de lábio. A amostra será constituída por tumores odontogênicos benignos armazenados no Serviço de Anatomia Patológica do Departamento de Estomatologia da Faculdade de Odontologia de Bauru e carcinomas espinocelulares de lábio inferior, tratados no Departamento de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e Otorrinolaringologia do Hospital A.C. Camargo, São Paulo.Os cortes tumorais serão preparados para imuno-histoquímica, utilizando-se os anticorpos primários podoplanina, ezrin, moesin e anti-RhoA. A avaliação da expressão das proteínas será realizada por método semi-quantitativo de escores. A associação da expressão das proteínas no tumores analisados com as variáveis demográficas, clínicas e microscópicas serão avaliadas pelo teste de Fisher ou qui-quadrado. A verificação da associação da expressão da podoplanina com a expressão da ezrin, moesin e Rho-A será realizada estatisticamente por meio do teste de Mann-Whitney ou Kruskal-Wallis. As análises das sobrevidas global, livre de doença e específica por câncer serão feitas pelo estimador produto-limite de Kaplan-Meier. A comparação entre as curvas de sobrevida será realizada pelo teste log-rank. Nível de significância de 5% será adotado para todos os testes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: