Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da estrutura filogenética de comunidades vegetais do domínio fitogeográfico da Caatinga

Processo: 13/15280-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fitogeografia
Pesquisador responsável:Fernando Roberto Martins
Beneficiário:Marcelo Freire Moro
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Macroecologia   Biogeografia

Resumo

Estudos sobre estrutura filogenética de comunidades estão permitindo um entendimento mais profundo das relações biogeográficas, macroecológicas e evolutivas dos ecossistemas. Estudos com essa nova abordagem tem possibilitado responder a novas perguntas ecológicas e têm sido aplicados aos domínios fitogeográficos da Mata Atlântica e do Cerrado. Historicamente a Caatinga tem sido um dos domínios fitogeográficos menos estudados do Brasil, mas na última década um número crescente de levantamentos florísticos/fitossociológicos foram disponibilizados através da literatura botânica. Esses dados foram recentemente agrupados em uma síntese botânica e biogeográfica, a qual produziu um catálogo de espécies para a Caatinga e comparou diferentes ambientes com uso de análises multivariadas. Pretendemos agora utilizar a base de dados já produzida para avaliar a estrutura filogenética na Caatinga. Dos levantamentos do banco de dados, selecionamos 74 áreas, as quais contam com 5480 registros de ocorrência de 1590 espécies. Cada área está mapeada em ambiente GIS e classificada quanto ao tipo de ambiente. Pretendemos comparar a estrutura filogenética de comunidades localizadas em terrenos de origem cristalina e sedimentar, bem como comparar a estrutura filogenética apresentada pelo componente lenhoso (árvores e arbustos) e não lenhoso (ervas e subarbustos) da vegetação. Esta será uma das primeiras análises de estrutura filogenética na escala subcontinental realizada no Brasil e permitirá um melhor entendimento da estruturação de comunidades na Caatinga e agregará uma dimensão evolutiva aos padrões biogeográficos estudados até então.

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZAPPI, DANIELA C.; MORO, MARCELO F.; MEAGHER, THOMAS R.; LUGHADHA, EIMEAR NIC. Plant Biodiversity Drivers in Brazilian Campos Rupestres: Insights from Phylogenetic Structure. FRONTIERS IN PLANT SCIENCE, v. 8, DEC 19 2017. Citações Web of Science: 12.
DE MENESES COSTA, ANA CLAUDIA; MORO, MARCELO FREIRE; MARTINS, FERNANDO ROBERTO. Raunkiaerian life-forms in the Atlantic forest and comparisons of life-form spectra among Brazilian main biomes. BRAZILIAN JOURNAL OF BOTANY, v. 39, n. 3, p. 833-844, SEP 2016. Citações Web of Science: 2.
MORO, MARCELO FREIRE; LUGHADHA, EIMEAR NIC; DE ARAUJO, FRANCISCA SOARES; MARTINS, FERNANDO ROBERTO. A Phytogeographical Metaanalysis of the Semiarid Caatinga Domain in Brazil. BOTANICAL REVIEW, v. 82, n. 2, p. 91-148, JUN 2016. Citações Web of Science: 23.
MORO, MARCELO FREIRE; SILVA, IGOR AURELIO; DE ARAUJO, FRANCISCA SOARES; LUGHADHA, EIMEAR NIC; MEAGHER, THOMAS R.; MARTINS, FERNANDO ROBERTO. The Role of Edaphic Environment and Climate in Structuring Phylogenetic Pattern in Seasonally Dry Tropical Plant Communities. PLoS One, v. 10, n. 3 MAR 23 2015. Citações Web of Science: 22.
MARCELO FREIRE MORO; MARIANA BEZERRA MACEDO; MARCELO MARTINS DE MOURA-FÉ; ANTÔNIO SÉRGIO FARIAS CASTRO; RAFAEL CARVALHO DA COSTA. Vegetação, unidades fitoecológicas e diversidade paisagística do estado do Ceará. Rodriguésia, v. 66, n. 3, p. -, Set. 2015.
QUEIROZ, RUBENS TEIXEIRA; MORO, MARCELO FREIRE; BEZERRA LOIOLA, MARIA IRACEMA. Evaluating the relative importance of woody versus non-woody plants for alpha-diversity in a semiarid ecosystem in Brazil. PLANT ECOLOGY AND EVOLUTION, v. 148, n. 3, p. 361-376, 2015. Citações Web of Science: 4.
MORO, MARCELO FREIRE; LIMA DE SOUSA, DANILO JOSE; MATIAS, LIGIA QUEIROZ. Rarefaction, richness estimation and extrapolation methods in the evaluation of unseen plant diversity in aquatic ecosystems. Aquatic Botany, v. 117, p. 48-55, JUL 2014. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.