Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo in vitro do uso de vitrocerâmica bioativa em dentina afetada por cárie natural ou artificial: análise da resistência de união de compósitos

Processo: 13/12215-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Fernanda de Carvalho Panzeri Pires de Souza
Beneficiário:Renata Costa de Morais
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biomateriais   Resistência de união (odontologia)   Adesivos dentinários   Materiais compósitos

Resumo

O objetivo deste estudo in vitro será avaliar, através de teste de microtração, a influência da aplicação de vitrocerâmica bioativa na resistência de união de sistemas adesivos com condicionamento ácido prévio e em dentina afetada por cárie, natural ou artificial, comparativamente à dentina hígida. Cento e vinte molares humanos, 80 hígidos e 40 cariados, serão selecionados, sendo que 40 dentes hígidos serão submetidos à formação de cárie artificial por ciclagem de pH. Após a planificação das superfícies oclusais, os dentes serão separados em 4 grupos (n=10): Grupo 1 - condicionamento ácido, lavagem e secagem + aplicação de Biosilicato + sistema adesivo + compósito; Grupo 2 - idem ao Grupo 1, sem Biosilicato; Grupo 3 - aplicação de Biosilicato + sistema adesivo + compósito; Grupo 4 - idem ao Grupo 3, sem Biosilicato. Após os tratamentos, os dentes serão restaurados com compósito (Opallis - FGM). Os dentes serão armazenados em água, a 37ºC, por 6 meses e, em seguida, seccionados, perpendicularmente à interface adesiva, produzindo palitos (n=20) de 0,9 mm de espessura. As amostras serão fixadas à Máquina Universal de Ensaios (EMIC DL 2000 - 0,5 mm/min) e submetidas ao ensaio de microtração até a fratura. Após os ensaios, as fraturas serão observadas em microscópio digital (Keyence) e o modo de fratura da interface adesiva será avaliado em microscopia eletrônica de varredura (JSM 5410, Sony). Os dados obtidos serão submetidos a teste estatístico apropriado para análise dos resultados.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE MORAIS, RENATA COSTA; SILVEIRA, RENATA ESPINDOLA; CHINELATTI, MICHELLE; GERALDELI, SAULO; PANZERI PIRES-DE-SOUZA, FERNANDA DE CARVALHO. Bond strength of adhesive systems to sound and demineralized dentin treated with bioactive glass ceramic suspension. CLINICAL ORAL INVESTIGATIONS, v. 22, n. 5, p. 1923-1931, JUN 2018. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORAIS, Renata Costa de. Estudo in vitro do uso de vitrocerâmica bioativa em dentina afetada por cárie natural ou artificial: análise da resistência de união de compósitos. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.