Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da comunidade edáfico-epígea como um sistema complexo e auto-organizado

Processo: 13/06196-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Alexandre Souto Martinez
Beneficiário:Fernando Meloni
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/00631-3 - Padrões gerais de organização da comunidade edáfico-epígea e avaliação do seu potencial indicador na prevenção dos eventos catastróficos em ecossistemas mediterrâneos sujeitos à desertificação, BE.EP.PD

Resumo

Os ecossistemas são altamente complexos e caracterizados por variáveis ambientais, eventos aleatórios e organismos, que interagem entre si ao longo do tempo, e ainda possuem variabilidade espacial complexa, o que dificulta a compreensão sobre seu funcionamento. As principais lacunas no conhecimento referem-se aos padrões emergentes da organização biológica, os quais resultam nos processos ecológicos naturais, devido aos métodos clássicos de análise ecológica não permitirem a avaliação adequada desses fenômenos. Nesse contexto, o estudo das comunidades sob a óptica dos sistemas complexos apresenta grande potencial para a detecção de padrões gerais e funcionais da comunidade e seus módulos, permitindo inferir sobre como os processos ecológicos são moldados pelas comunidades. Um dos processos ecológicos mais importantes dos ecossistemas tropicais é a ciclagem de nutrientes e a nutrição vegetal, processo este mediado pelas comunidades presentes no solo. Esses grupos biológicos, especialmente os Arthropoda, são altamente diversos e sensíveis ao ambiente, mas seus padrões estruturais de organização são ainda pouco compreendidos. Assim, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo aplicar a abordagem dos sistemas complexos à comunidade edáfico-epígea de ecossistemas naturais sob diferentes características ambientais, através da aplicação de modelos teóricos aos dados de amostras reais provenientes de solos férteis de florestas restauradas e a dados de sistemas áridos, ameaçados pela desertificação. Os objetivos do projeto são a determinação da estrutura funcional das comunidades edáfico-epígeas em diferentes sistemas, identificação de padrões fractais, avaliação dos padrões complexos de interação e avaliação do efeito da entropia dos sistemas sobre a estrutura e funcionalidade dessas comunidades. Espera-se avançar na compreensão sobre os processos ecológicos naturais relacionados ao solo, com possíveis aplicações em áreas como a agronomia, engenharia florestal, engenharia ambiental e restauração ecológica.

Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias: (4 total)
Mais itensMenos itens

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CABELLA, BRENNO; MELONI, FERNANDO; MARTINEZ, ALEXANDRE S. Inadequate Sampling Rates Can Undermine the Reliability of Ecological Interaction Estimation. MATHEMATICAL AND COMPUTATIONAL APPLICATIONS, v. 24, n. 2 JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
MELONI, FERNANDO; FABRI GRANZOTTI, CRISTIANO ROBERTO; BAUTISTA, SUSANA; MARTINEZ, ALEXANDRE SOUTO. Scale dependence and patch size distribution: clarifying patch patterns in Mediterranean drylands. ECOSPHERE, v. 8, n. 2 FEB 2017. Citações Web of Science: 6.
MELONI, FERNANDO; VARANDA, ELENICE M. Litter and soil arthropod colonization in reforested semi-deciduous seasonal Atlantic forests. RESTORATION ECOLOGY, v. 23, n. 5, p. 690-697, SEP 2015. Citações Web of Science: 6.
ALVES FERNANDES, EDUARDO FELIPE; MELONI, FERNANDO; BORELLA, JULIO CEZAR; LOPES, NORBERTO PEPORINE. Effect of fertilisation and harvest period on polar metabolites of Calendula oficcinalis. REVISTA BRASILEIRA DE FARMACOGNOSIA-BRAZILIAN JOURNAL OF PHARMACOGNOSY, v. 23, n. 5, p. 731-735, SEP-OCT 2013. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.