Busca avançada
Ano de início
Entree

INDICADORES HEMATOLÓGICOS, GLICÊMICOS E PARASITOLÓGICOS COMO FERRAMENTAS PARA AVALIAÇÃO DA SANIDADE DE SAGUIS-DE-TUFO-BRANCO (Callithrix jacchus) E SAGUIS-DE-TUFO-PRETO (Callithrix penicillata)

Processo: 13/07780-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Eliana Reiko Matushima
Beneficiário:Luísa Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Glicemia   Parasitologia   Hematologia

Resumo

Por ano o tráfico de animais silvestres é responsável pela retirada de aproximadamente 38 milhões de indivíduos da fauna brasileira. (RENCTAS, 2001). Contudo, a parcela de indivíduos que sobrevivem às condições do tráfico reduz-se significativamente frente ao número inicial, visto às perdas que ocorrem durante todo o processo de captura e comercialização, em especial devido às condições precárias em que os animais são mantidos. Entre os mamíferos mais visados pelo tráfico destacam-se os primatas, com ênfase às espécies do Novo Mundo, das quais 95% originam-se do território no Brasil. (RENCTAS, 2001). Comprovando esta realidade, constata-se que animais do gênero Callithrix ocupam a segunda posição na lista dos mamíferos mais apreendidos nos Centros de Triagem de Animais Silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (BARINO, 2008). Como resultado do tráfico ilegal destes animais, muitos apresentam sinais clássicos de desidratação, subnutrição, assim como ferimentos e traumatismos. Além disso, outra grave consequência do comércio ilegal é a falta de controle sanitário dos animais, que podem transmitir doenças graves para criações domésticas e até mesmo para o ser humano. Por tais motivos, há necessidade de se estabelecer indicadores ainda pouco conhecidos para avaliação da sanidade dos primatas provenientes do tráfico, assim como para o monitoramento, recuperação e possível reintrodução desses indivíduos.O presente trabalho visa estabelecer indicadores hematológicos, glicêmicos e parasitológicos de uma população de saguis-de-tufo-branco (Callithrix jacchus) e de saguis-de-tufo-preto (Callithrix penicillata). de um criadouro do Estado de São Paulo, assim como estabelecer possíveis relações entre esses parâmetros e alterações relacionadas a enfermidades, a fim de contribuir com dados que possam ser úteis na avaliação da sanidade dos calitriquídeos apreendidos.