Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do papel da piridoxamina na prevenção da nefrolitíase induzida pela hiperoxalúria em ratos

Processo: 13/12535-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Paulo Roberto Kawano
Beneficiário:Matheus Augusto Callegari
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Urologia   Piridoxamina   Ratos   Hiperoxalúria   Nefrolitíase

Resumo

Introdução e Objetivos: O oxalato de cálcio é o principal componente metabólico envolvido na litíase renal. Diferentes autores tem utilizado hiperoxalúria para estudar a deposição de cristais de oxalato de cálcio nos túbulos renais em ratos, reproduzindo modelos nos quais têm contribuído significativamente para compreensão dos mecanismos envolvidos na nefrolitíase. A piridoxamina, um componente da vitamina B6, tem sido sugerida como potencial agente terapêutico para diminuir a hiperoxalúria. Este trabalho tem por objetivo avaliar a intensidade da nefrocalcinose provocada pelo agente indutor, bem como o papel da piridoxamina na hiperoxalúria induzida em um modelo experimental em ratos. Materiais e Métodos: Serão utilizados 60 ratos machos da raça Sprague-Dawley, acondicionados em gaiolas metabólicas, distribuídos de maneira randomizada em quatro grupos: GRUPO I (Controle clínico, n=15) os animais não serão submetidos a nenhuma intervenção, e serão utilizados como controle; GRUPO II (Etileno Glicol a 0,5% + Vitamina D3, n=15) no o qual Etileno Glicol a 0,5% será diluído na água e ofertado "ad libitum" aos animais. A Vitamina D3 (Colecalciferol) na dose de 0,5 ¼M será dissolvida em 1 ml de óleo e administrada por gavagem 1 vez ao dia; GRUPO III (Etileno Glicol a 1,25%+ Vitamina D3+ Piridoxamina; n=15) os animais receberão as mesma drogas ofertadas para o grupo II acrescido da Piridoxamina via gavagem, que será dissolvida em 1 ml de água, diariamente, de acordo com o peso dos mesmos (180 mg/kg peso do animal/dia); GRUPO IV (Piridoxamina, n=15) via gavagem na dose de 180mg/kg/dia. O sacrifício ocorrerá no final de 28 dias. Em todos os animais serão realizados estudo metabólico, análise histológica, determinação do estresse oxidativo e a dosagem espectroscópica do cálcio no parênquima renal para posterior comparação entre os grupos e discussão com a literatura.