Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de alterações estruturais através de software FreeSurfer em pacientes com distonia crânio-cervical primária

Processo: 13/13270-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Fernando Cendes
Beneficiário:Larissa Núbia Nunes Vilany
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

A distonia crânio-cervical (DCC) é um distúrbio neurológico que cursa com contrações musculares involuntárias, originando posturas e movimentos anormais. A DCC inclui as seguintes formas: blefaroespasmo, distonia cervical, oromandibular, lingual, laringeal. Sua fisiopatologia ainda hoje não se encontra bem esclarecida e estudos de neuroimagem, utilizando o método da volumetria baseada em voxel, tem descrito diferentes alterações estruturais nos portadores da doença. Tais resultados, entretanto, tem sido discrepantes entre si. Surge como alternativa neste contexto, o método automatizado do FreeSurfer (FS), que tem apresentado boa validação por estudos neurológicos. Assim, este estudo objetiva perceber alterações estruturais encefálicas na DCC através da utilização do software FS.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VILANY, LARISSA; DE REZENDE, THIAGO J. R.; PIOVESANA, LUIZA G.; CAMPOS, LIDIANE S.; DE AZEVEDO, PAULA C.; TORRES, FABIO R.; FRANCA, JR., MARCONDES C.; AMATO-FILHO, AUGUSTO C.; LOPES-CENDES, ISCIA; CENDES, FERNANDO; D'ABREU, ANELYSSA. Exploratory structural assessment in craniocervical dystonia: Global and differential analyses. PLoS One, v. 12, n. 8 AUG 22 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.