Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação in vitro da atividade tripanocida de amostras obtidas de fontes naturais

Processo: 13/14275-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia
Pesquisador responsável:Daniele da Silva Ferreira
Beneficiário:Maria Gabriela Marçal
Instituição-sede: Reitoria. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Chagas   Produtos naturais   Trypanosoma cruzi

Resumo

A doença de Chagas apresenta nos dias atuais um problema de saúde publica, que afeta uma grande parcela da população, principalmente na América latina. A quimioterapia disponível não é eficaz, uma vez que os medicamentos disponíveis são ativos apenas na fase aguda da doença e apresentam sérios efeitos colaterais, e dentro desse contexto, as espécies vegetais constituem uma rica fonte de substâncias com atividade sobre Trypanosoma cruzi, o que torna a pesquisa na área de produtos naturais uma das direções promissoras na busca de drogas eficazes na prevenção e tratamento da doença. Os triterpenos, ácido betulínico e uvaol, selecionados para a realização deste trabalho, apresentam inúmeras atividades biológicas descritas na literatura como atividade antimalárica, anti-inflamatória, antihelmíntica, leishmanicida e antioxidante, despertando assim o interesse por parte dos pesquisadores. O presente projeto tem como objetivo avaliar a atividade antiparasitária in vitro das amostras selecionadas, ácido betulínico e uvaol, sobre as formas tripomastigotas e amastigotas da cepa Y de Trypanosoma cruzi.