Busca avançada
Ano de início
Entree

René Schérer e a perversidade da educação

Processo: 13/15206-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 18 de novembro de 2013
Vigência (Término): 17 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Silvio Donizetti de Oliveira Gallo
Beneficiário:Silvio Donizetti de Oliveira Gallo
Anfitrião: Stéphane Douailler
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université Vincennes Saint-Denis (Paris 8), França  
Assunto(s):Filosofia da educação   Filosofia contemporânea   Hospitalidade   Infância   Anarquismo

Resumo

O presente projeto de pesquisa será desenvolvido durante um semestre sabático junto à Faculdade de Educação da UNICAMP, no período de 12 de agosto de 2013 a 11 de fevereiro de 2014, com um estágio de pesquisa na Université de Paris 8 entre 18 de novembro de 2013 e 18 de janeiro de 2014. Tem como objeto central o estudo da obra do filósofo René Schérer (nascido em 1922), professor emérito da Université de Paris 8. A obra de Schérer será estudada na articulação de três de seus aspectos básicos: a noção crítica de infância, que o levou a apontar uma "perversão da pedagogia"; a noção de hospitalidade, na perspectiva de uma ação política contemporânea; e sua visão teórico-prática do anarquismo e sua vivência em nossos dias. Os três aspectos serão estudados com vistas a estabelecer suas conexões com a problemática educativa, visando traçar os contornos daquilo que seria uma "filosofia da educação" de René Schérer. Trata-se de uma pesquisa de natureza teórica e filosófica, centrada na análise conceitual. Terá como foco central os livros escritos por Schérer e livros de comentadores de sua obra. Um foco importante da pesquisa será a realização de uma entrevista com René Schérer, bem como o acompanhamento de algumas das aulas no seminário que oferece anualmente naquela universidade. Serão entrevistados também estudantes do seminário de Schérer no ano acadêmico 2013-2014 e professores do Departamento de Filosofia de Paris 8. (AU)