Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do estado trófico e do hábitat na distribuição das diatomáceas em represas do Médio Tietê/Alto Sorocaba (SP, Brasil).

Processo: 13/14337-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Denise de Campos Bicudo
Beneficiário:Elaine Cristina Rodrigues Bartozek
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/53898-9 - Reconstrução paleolimnológica da Represa Guarapiranga e diagnóstico da qualidade atual da água e dos sedimentos de mananciais da RMSP com vistas ao gerenciamento do abastecimento, AP.TEM
Assunto(s):Biodiversidade   Eutrofização   Fitoplâncton

Resumo

A bacia hidrográfica do Médio Rio Tietê/Alto Sorocaba (BMT/AS) está situada na região Centro-Sudeste do Estado de São Paulo e compreende uma das regiões mais desenvolvidas do interior do estado. Nesta região, grande parte do abastecimento é feito a partir de represas sujeitas aos efeitos das ações antrópicas. Dentre os indicadores biológicos de alterações ambientais, as diatomáceas vêm sendo utilizadas de forma crescente em estudos de eutrofização. Este projeto pretende analisar a distribuição espacial e temporal das diatomáceas em diferentes hábitats (planctônico, perifítico e sedimentos superficiais) em quatro represas com distintos estados tróficos situadas na BMT/AS (represas Barra Bonita, Itupararanga, Prainha e Ipaneminha), visando (a) avaliar a qualidade ecológica desses sistemas, (b) comparar o potencial bioindicador das diatomáceas de distintos hábitats, e (c) ampliar o conhecimento sobre a distribuição e ecologia de espécies tropicais. Em cada represa serão estabelecidos de três a quatro locais de amostragem. As diatomáceas planctônicas e perifíticas serão amostradas em períodos seco e chuvoso. O sedimento superficial, por representar uma escala de tempo integrado, será amostrado uma vez. As amostragens serão acompanhadas de análises físicas e químicas da água e do sedimento. As variáveis da água serão temperatura, pH, condutividade elétrica, transparência, oxigênio dissolvido, alcalinidade, formas inorgânica de nitrogênio e fósforo, nitrogênio e fósforo total, sílica solúvel reativa e clorofila-a. As variáveis dos sedimentos incluirão carbono orgânico total, nitrogênio total e seus isótopos estáveis (d13C e d15N), fósforo total e granulometria. As diatomáceas serão identificadas e quantificadas em nível específico/infraespecífico. Informações ecológicas dos táxons serão obtidas por meio de revisão de literatura, endereços eletrônicos específicos e do programa OMNIDIA. A partir dos dados quantitativos, serão calculados atributos de diversidade e identificadas associações de espécies bioindicadoras. Os dados serão analisados mediante análises estatísticas multivariadas de ordenação, classificação e agrupamento. A presente proposta é pioneira para a Bacia Hidrográfica do Médio Tietê e a segunda no Brasil a avaliar a organização estrutural e o potencial bioindicador das diatomáceas de diferentes hábitats em represas com distintos estados tróficos. Como parte de um projeto maior, contribuirá com informações limnológicas e ecológicas (diatomáceas) com vistas à elaboração de um banco de dados regional para os mananciais da RMSP e bacias vizinhas, visando futura elaboração de modelo de função de transferência (diatomácea-fósforo) inexistente para regiões tropicais.

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZORZAL-ALMEIDA, STEFANO; RODRIGUES BARTOZEK, ELAINE C.; MORALES, EDUARDO A.; BICUDO, DENISE C. Brachysira aristidesii sp. nov. (Bacillariophyceae, Brachysiraceae): a new species from oligotrophic and mesotrophic tropical reservoirs in southeastern Brazil. PHYTOTAXA, v. 456, n. 1, p. 105-113, AUG 19 2020. Citações Web of Science: 0.
BARTOZEK, ELAINE C. R.; DA SILVA-LEHMKUHL, ANGELA M.; GREGORY-EAVES, IRENE; BICUDO, DENISE C. Environmental and spatial drivers of diatom assemblages in the water column and surface sediment of tropical reservoirs. JOURNAL OF PALEOLIMNOLOGY, v. 62, n. 3, p. 245-257, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
LEHMKUHL, ELTON A.; MORALES, EDUARDO A.; TREMARIN, I, PRISCILA; BARTOZEK, ELAINE C. R.; ZORZAL-ALMEIDA, STEFANO; LUDWIG, V, THELMA A.; BICUDO, CARLOS E. DE M. Two new species of Nitzschia (Bacillariaceae, Bacillariophyta) from tropical reservoirs of southeastern Brazil. PHYTOTAXA, v. 399, n. 1, p. 83-99, MAR 25 2019. Citações Web of Science: 0.
KRYSNA STEPHANNY DE MORAIS; ELAINE RODRIGUES BARTOZEK; STÉFANO ZORZAL-ALMEIDA; DENISE C. BICUDO; CARLOS EDUARDO DE MATTOS BICUDO. Taxonomy and ecology of order Surirellales (Bacillariophyceae) in tropical reservoirs in Southeastern of Brazil. Acta Limnol. Bras., v. 30, p. -, 2018.
FAUSTINO, SAMANTHA BORGES; FONTANA, LUCIANE; RODRIGUES BARTOZEK, ELAINE CRISTINA; DE MATTOS BICUDO, CARLOS EDUARDO; BICUDO, DENISE DE CAMPOS. Composition and distribution of diatom assemblages from core and surface sediments of a water supply reservoir in Southeastern Brazil. Biota Neotropica, v. 16, n. 2 APR-JUN 2016. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.