Busca avançada
Ano de início
Entree

Entre ou além da realidade e a ficção: o Realismo e o Espectador na literatura de Sergio Bizzio e Carlos Busqued.

Processo: 13/15530-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Estrangeiras Modernas
Pesquisador responsável:Pablo Fernando Gasparini
Beneficiário:Ellen Maria Martins de Vasconcellos
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Espectador   Realismo   Literatura hispano-americana
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Espectador | literatura argentina contemporânea | realismo | Literatura hispano-americana

Resumo

Este projeto de pesquisa tem como objeto de estudo os novos conceitos de Realismo surgidos no final dos anos 90 e início do século XXI para as artes, em geral, e para a literatura, em particular. Segundo alguns autores, como Hal Foster e Karl Schollhamer, o Realismo, como estética, ressurge a partir de uma obra artística que se utiliza de recursos retirados dos discursos do espetáculo (como os programas de televisão), para provocar em seus expectadores efeitos e afetos reais, tais como o choque ou o trauma. Isto porque, como afirma Guy Debord (2012), o que o homem contempla no espetáculo é aquela atividade que foi dele subtraída. Ou seja, a sua própria essência foi convertida em algo alheio a ele mesmo, o que o torna, portanto, um ser num estado de indiferença. Diante desse panorama, a nova literatura realista aborda essa temática justamente para problematizá-la, tensionando seu discurso ficcional. Outra questão que será investigada é o impacto que o discurso do espetáculo transposto na literatura contemporânea causa no leitor. Isto porque, outra característica deste discurso, segundo Debord, é a queda, para o sujeito, de seus referentes reais, exteriores aos meios de comunicação. Em outras palavras, aquele que é exposto ao discurso espetacular tem a tendência de perder a noção de tempo e espaço (já que tudo está ao alcance do aqui e agora). Nosso intuito é averiguar como este leitor se relaciona com a literatura que pretende provocar tais perdas, através de leituras e análises de textos sobre a teoria do leitor-espectador neste novo cenário realista.Em um terceiro momento da pesquisa, os dois temas mencionados (o Realismo e o leitor) servirão de base para analisar duas obras literárias publicadas em 2009, por autores argentinos: Realidad, de Sergio Bizzio e Bajo este sol tremendo, de Carlos Busqued. Estes romances foram escolhidos porque, além de problematizarem as ideias acima com agudeza (a margem entre realidade e ficção, e o leitor como espectador), chamam atenção por apresentarem uma narrativa minuciosamente trabalhada, tanto no estilo quanto no enredo, do início ao fim da obra.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VASCONCELLOS, Ellen Maria Martins de. Entre (ou além) (d)o real e a ficção: a televisão em Realidad, de Sergio Bizzio e Bajo este sol tremendo, de Carlos Busqued. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.