Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação de novos alvos terapêuticos baseado na classificação dos subgrupos moleculares do meduloblastoma

Processo: 13/12006-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 04 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Luiz Gonzaga Tone
Beneficiário:Gustavo Alencastro Veiga Cruzeiro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/19976-0 - Caracterização in vitro das diferenças funcionais e moleculares entre os subgrupos de meduloblastoma, BE.EP.DR
Assunto(s):Meduloblastoma   Biologia molecular

Resumo

Os tumores do sistema nervoso central são o segundo mais prevalente (depois da leucemia) e o mais relacionado com as causas de morte por câncer em pacientes pediátricos. O meduloblastoma é o tumor maligno do sistema nervoso central de maior frequência em crianças e possui uma taxa de sobrevida geral de até 80%. O tratamento padrão da doença inclui a combinação de cirurgia, radioterapia cranio-espinhal (geralmente em crianças com idade superior ou igual a 3 anos) e quimioterapia. Apesar das variações na genômica e transcriptômica entre alguns grupos de amostras primárias de tumor, a literatura atual considera que o meduloblastoma possui um perfil consistente no qual caracteriza 4 subgrupos principais: WNT, SHH, Grupo 3 e Grupo 4. Cada subgrupo possui características citogenéticas e perfis mutacionais e transcricionais quase completamente distintos. Além disso, são divergentes no aspecto demográfico (distribuição e incidência), clínico e no prognóstico. O estabelecimento dos 4 subgrupos em pouco tempo alterou a visão e o estudo dos pesquisadores no que se refere a esta neoplasia, tanto em laboratório, quanto no planejamento de testes clínicos. Utilizando as ferramentas de biologia molecular como PCR-Array e Western blot, este projeto tem como objetivo caracterizar as amostras de tumor dos pacientes de meduloblastoma do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e as linhagens celulares UW402, UW473 e ONS-76 de acordo com a nova classificação. Também será investigado novos alvos terapêuticos abordando a classificação dos subgrupos moleculares. Será avaliado os efeitos in vitro na proliferação e apoptose do uso de inibidores específicos de cada via. Estes resultados serão comparados com aqueles obtidos a partir de quimioterápicos convencionais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Nova tecnologia permite classificar o tumor cerebral mais comum em crianças 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias: (23 total)
Mais itensMenos itens

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VEIGA CRUZEIRO, GUSTAVO ALENCASTRO; SALOMAO, KARINA BEZERRA; OLIVEIRA DE BIAGI, JR., CARLOS ALBERTO; BAUMGARTNER, MARTIN; STURM, DOMINIK; PEIXOTO LIRA, REGIA CAROLINE; MAGALHAES, TACIANI DE ALMEIDA; MILAN, MIRELLA BARONI; SILVEIRA, VANESSA DA SILVA; SAGGIORO, FABIANO PINTO; DE OLIVEIRA, RICARDO SANTOS; DOS SANTOS KLINGER, PAULO HENRIQUE; SEIDINGER, ANA LUIZA; YUNES, JOSE ANDRES; DE PAULA QUEIROZ, ROSANE GOMES; OBA-SHINJO, SUELI MIEKO; SCRIDELI, CARLOS ALBERTO; KAZUE NAGAHASHI, SUELY MARIE; TONE, LUIZ GONZAGA; VALERA, ELVIS TERCI. A simplified approach using Taqman low-density array for medulloblastoma subgrouping. ACTA NEUROPATHOLOGICA COMMUNICATIONS, v. 7, MAR 4 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.