Busca avançada
Ano de início
Entree

Amostragem de poluentes gasosos e particulados finos emitidos pela combustão do bagaço da cana de açúcar

Processo: 13/03892-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Fenômenos de Transportes
Pesquisador responsável:Maria Angélica Martins Costa
Beneficiário:Fernanda Fernandez Marcondes
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Itapeva. Itapeva , SP, Brasil
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Combustão   Poluentes gasosos   Biocombustíveis   Material particulado

Resumo

A produção brasileira de etanol com base na matéria-prima cana-de-açúcar é vista como a tecnologia de biocombustível mais eficiente atualmente. Por conta disto, o incentivo à substituição de combustíveis fósseis pela biomassa é crescente. Entretanto, as queimadas agrícolas são uma fonte de partículas, monóxido de carbono (CO), óxidos de azoto (NOx) e compostos orgânicos voláteis (VOCs), incluindo componentes tóxicos e cancerígenos, tais como hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAH), mas os impactos ambientais deste processo ainda não foram devidamente analisados. O projeto tem como objetivo a quantificação das emissões gasosas, concentração e distribuição de tamanho de material particulado menor que 2,5¼m, faixa de diâmetro pouco avaliada em trabalhos científicos, ausente das legislações brasileiras, mas descrita como poluente de elevado dano a saúde humana, pois prejudica seriamente o sistema respiratório. O monitoramento das emissões provenientes da combustão da cana-de-açúcar é importante para a tomada de decisões em termos científicos e políticos, visando que o Brasil é alvo de inúmeras críticas relacionadas aos efeitos danosos das queimadas florestais e agrícolas. A preocupação ambiental deve ir além das questões de queimadas em campo e também ao uso de diversos tipos de biomassa utilizada como combustível, suas emissões e seu devido controle a nível industrial