Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de diferentes agentes surfactantes sobre o efeito protetor da película no desenvolvimento da erosão dental

Processo: 13/12069-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Alessandra Buhler Borges
Beneficiário:Rayssa Ferreira Zanatta
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/08383-1 - Adaptação marginal e resistência adesiva ao cisalhamento de restaurações em condições de envelhecimento térmico e desafio erosivo, BE.EP.DR
Assunto(s):Dentística   Erosão dentária   Surfactantes   Saliva

Resumo

A erosão dental é um processo multifatorial que envolve a desmineralização do esmalte e/ou dentina pela ação química de ácidos extrínsecos ou intrínsecos. O aumento no consumo de bebidas ácidas causou na ultima década aumento no aparecimento desse tipo de lesão. A película adquirida é um biofilme, livre de bactérias, que cobre os tecidos orais sólidos, detectável sobre as superfícies dentais em poucos minutos após sua remoção por profilaxia, escovação dental ou dissolução química. Ela atua como uma barreira de difusão ou uma membrana permeável seletiva, que previne o contato direto de ácidos com a superfície dental, possuindo assim importante papel protetor dos dentes contra a erosão. Os dentifrícios são usualmente utilizados para a remoção de material orgânico da superfície do dente e controle do biofilme bucal, no entanto, alguns de seus constituintes, como os detergentes e outros ingredientes ativos, influenciam também na adsorção de proteínas salivares podendo estes atuar diretamente na formação da película adquirida e na liberação de fluoretos para o meio oral. Assim, é oportuno verificar a ação dos detergentes na capacidade protetora da película adquirida, e na interação do flúor com o esmalte, podendo, por consequência, interferir na proteção contra a erosão dental. Serão testados 3 detergentes (Lauril Sulfato de Sódio, Polisorbato 20 e Cocamidopropil Betaine), em 2 concentrações diferentes (1,0% e 1,5%) com relação a seu efeito sobre a película adquirida durante desafios ácidos, por meio de microdureza e perfilometria; além do efeito desses agentes na liberação de flúor de suspensões de dentifrícios, por meio da mensuração da concentração de flúor liberado nas suspensões e aderido no esmalte dental.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZANATTA, RAYSSA FERREIRA; DA SILVA AVILA, DANIELE MARA; MIYAMOTO, KAREN MAYUMI; GOMES TORRES, CARLOS ROCHA; BORGES, ALESSANDRA BUHLER. Influence of Surfactants and Fluoride against Enamel Erosion. Caries Research, v. 53, n. 1, p. 1-9, 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ZANATTA, Rayssa Ferreira. Influência de tensoativos sobre o efeito protetor da película e interação com NaF no desenvolvimento da erosão dental. 2016. 120 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Instituto de Ciência e Tecnologia (Campus de São José dos Campos)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.