Busca avançada
Ano de início
Entree

Análises clínica/laboratorial de dentes submetidos ao clareamento com peróxido de carbamida a 10%. estudo comparativo de protocolos de aplicação do agente clareador

Processo: 13/04530-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Renato Herman Sundfeld
Beneficiário:Lucas Silveira Machado
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Peróxido de carbamida   Clareamento de dente   Protocolos clínicos   Dentística

Resumo

Têm sido proposto que o intervalo de tempo para a utilização de géis clareadores a base de peróxido de carbamida a 10%, corresponde ao período entre 4 e 8 horas de uso diário; entretanto, observa-se na literatura pertinente uma ausência de estudos clínicos que analisem outras posologias de aplicação desta técnica clareadora, com diferentes tempos de aplicação do gel clareador. O objetivo deste estudo será analisar através de ensaios laboratorais e clínicos, o comportamento da estrutura dental (esmalte/dentina) diante da aplicação do peróxido de carbamida a 10% durante 21 dias consecutivos em diferentes tempos de aplicação diária (30 minutos, 1, 2, 4 e 8 horas). Farão parte do experimento clínico 75 voluntários, com faixa etária de 18-25 anos e que ainda não foram submetidos ao clareamento dental. Será utilizado o gel clareador a base de peróxido de carbamida a 10% Opalescence (Ultradent). O fator em estudo será o tempo de aplicação do gel clareador em cinco níveis (gel clareador a base de peróxido de carbamida a 10% aplicado durante 30 minutos, 1, 2, 4 e 8 horas diário), considerando os dentes incisivos centrais, laterais e caninos superiores e inferiores para análise das variáveis; as variáveis de resposta para a análise clínica serão alteração de cor dental, que será realizada nos incisivos e caninos superiores e inferiores, pelo método visual (Vita Classical) e digital (Vita Easyshade), nos períodos inicial, imediatamente após após a remoção das moldeiras, 24 horas, 6 e 12 meses do tratamento clareador; a sensibilidade dental, que será analisada pelo método analógico visual e mensurada previamente, durante, imediatamente após a remoção das moldeiras e 24 horas da realização do clareamento. Essas variáveis serão analisadas e anotadas durante as sessões de atendimento. A análise das superfícies de esmalte dental serão analisadas em Microscopia eletrônica de Varredura (MEV), através de réplicas obtidas clinicamente dos incisivos centrais superiores previamente, imediatamente após o clareamento, 6 e 12 meses após os procedimentos clareadores. Para o estudo laboratorial serão utilizados blocos de esmalte e dentina bovinos. A variável de estudo para a análise laboratorial será a quantificação da penetração trans/amelo/dentinária do peróxido de hidrogênio nos diferentes tempos de aplicação do peróxido de carbamida a 10% na superfície do esmalte dental (30 minutos, 1, 2, 4 e 8 horas). Considerando o caráter qualitativo ordinal das variáveis de resposta, serão aplicados testes estatísticos apropriados, ao nível de significância de 5% para análise dos resultados.