Busca avançada
Ano de início
Entree

Absorção, translocação e efeito de herbicidas no desenvolvimento inicial da cana-de-açúcar

Processo: 13/17852-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Patrícia Andrea Monquero
Beneficiário:Izabela Orzari
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Assunto(s):Matologia   Fitotoxicidade   Fisiologia   Herbicidas   Cana-de-açúcar

Resumo

Os herbicidas são os defensivos mais utilizados no setor canavieiro, portanto, é interessante observar o nível de tolerância de novas variedades de cana-de-açúcar antes do lançamento comercial. Os objetivos deste trabalho são avaliar o efeito de herbicidas em diferentes doses no desenvolvimento inicial da cultura da cana-de-açúcar (variedades comerciais comparando com novos lançamentos), e estudar a absorção e translocação de herbicidas através da aplicação das moléculas radiomarcadas. A primeira parte será desenvolvida no Centro de Ciências Agrárias (CCA-UFSCar) com as variedades RB835054, RB855156, RB867515, RB966928, RB975157, RB975201, RB975952 e RB985476, com delineamento inteiramente casualizado e 3 repetições, em casa-de-vegetação, onde os vasos serão preenchidos com solo argiloso e a aplicação dos herbicidas diclosulam, imazapic, imazapir e metsulfuron metílico e sulfometuron em mistura com diuron e hexazinone (estes últimos inibidores do FSII) será em pré-emergência nas doses de 0; 0,5; 1 e 2 vezes a dose comercial. As avaliações de fitotoxicidade, área foliar, diâmetro do colmo serão realizadas aos 7, 15, 30, 45, 60 e 90 dias após emergência (DAE) e na última avaliação será medida a biomassa (raiz e parte aérea). O segundo experimento será realizado no Laboratório de Ecotoxicologia do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA/USP), usando as variedades que apresentarem maior tolerância no primeiro experimento comparando com uma sensível. Serão utilizados vasos com solo argiloso, em que a camada superficial será contaminada com sulfometuron e diuron radiomarcados com 14C. O delineamento será em blocos casualizados e 10 repetições, avaliando a absorção e translocação de dois herbicidas através de autorradiografia, e a quantidade de herbicida será avaliada pela moagem do material, dividindo a planta em parte aérea, raízes e tolete. Os períodos avaliados serão 1, 5, 10, 15 e 20 (DAE). (AU)