Busca avançada
Ano de início
Entree

Biogeografia histórica das serpentes da diagonal de formações abertas da América do Sul

Processo: 13/04170-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Ricardo Jannini Sawaya
Beneficiário:Thaís Barreto Guedes da Costa
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50206-9 - Origem e evolução das serpentes e a sua diversificação na região neotropical: uma abordagem multidisciplinar, AP.BTA.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):14/18837-7 - Revelando os limites ocultos do agrupamento das espécies: uma abordagem inter-metodológica para identificação de bioregiões de serpentes neotropicais, BE.EP.PD
Assunto(s):Serpentes   Cerrado   Caatinga   América do Sul   Biogeografia

Resumo

Os organismos apresentam padrões de distribuição geográfica particulares que não resultam do acaso. Vários eventos pretéritos e atuais são responsáveis pela presença de conjuntos de táxons em determinada área. O acúmulo desses eventos ao longo do tempo torna a reconstrução da história da distribuição espacial da biota uma atividade complexa que pode ser explorada à luz da biogeografia histórica. Essa abordagem procura pela correspondência entre o relacionamento filogenético dos táxons, suas áreas de distribuição geográfica e a história da Terra. Na América do Sul, a diagonal de formações abertas forma uma ampla faixa que se estende do nordeste do Brasil ao noroeste da Argentina incluindo a Caatinga, o Cerrado e o Chaco. Apesar de algumas similaridades já detectadas entre essas sub-unidades da diagonal de formações abertas, não há consenso sobre as suas relações históricas, ressaltando a importância de estudos de Biogeografia Histórica nessas áreas. Assim, este projeto propõe a análise das relações históricas entre as sub-unidades da diagonal de formações abertas sul-americanas por meio de dados de distribuição geográfica e informações sobre as relações filogenéticas das serpentes. Propomos as seguintes questões específicas: 1) A Caatinga, o Cerrado e o Chaco formam uma unidade biogeográfica? 2) Quais são as relações históricas entre estas três sub-unidades sul-americanas? A partir dessas questões, testaremos a seguinte hipótese: eventos vicariantes comuns entre cada uma das três áreas abertas da América do Sul, Caatinga, Cerrado e Chaco, e outras áreas florestadas tornam a diagonal aberta uma área biogeográfica composta, ou seja, prevemos que a Caatinga, o Cerrado e o Chaco não formam uma unidade biogeográfica natural. Trabalhos que enfoquem a biogeografia histórica das áreas abertas da América do Sul correspondem a um passo fundamental para a compreensão da história evolutiva da biota da região Neotropical.

Publicações científicas (8)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRAZ, HENRIQUE B.; KASPEROVICZUS, KARINA N.; GUEDES, THAIS B. Reproductive Biology of the Fossorial Snake Apostolepis gaboi (Elapomorphini): A Threatened and Poorly Known Species from the Caatinga Region. South American Journal of Herpetology, v. 14, n. 1, p. 37-47, APR 2019. Citações Web of Science: 0.
ANTONELLI, ALEXANDRE; ARIZA, MARIA; ALBERT, JAMES; ANDERMANN, TOBIAS; AZEVEDO, JOSUE; BACON, CHRISTINE; FAURBY, SOREN; GUEDES, THAIS; HOORN, CARINA; LOHMANN, LUCIA G.; MATOS-MARAVI, PAVEL; RITTER, CAMILA D.; SANMARTIN, ISABEL; SILVESTRO, DANIELE; TEJEDOR, MARCELO; TER STEEGE, HANS; TUOMISTO, HANNA; WERNECK, FERNANDA P.; ZIZKA, ALEXANDER; EDWARDS, V, SCOTT. Conceptual and empirical advances in Neotropical biodiversity research. PeerJ, v. 6, OCT 4 2018. Citações Web of Science: 2.
GUEDES, THAIS B.; BARBO, FAUSTO E.; FRANCA, DANIELLA; ZAHER, HUSSAM. Morphological variation of the rare psammophilous species Apostolepis gaboi (Serpentes, Dipsadidae, Elapomorphini). Zootaxa, v. 4418, n. 5, p. 469-480, MAY 10 2018. Citações Web of Science: 1.
GUEDES, THAIS B.; SAWAYA, RICARDO J.; ZIZKA, ALEXANDER; LAFFAN, SHAWN; FAURBY, SOREN; PYRON, R. ALEXANDER; BERNILS, RENATO S.; JANSEN, MARTIN; PASSOS, PAULO; PRUDENTE, ANA L. C.; CISNEROS-HEREDIA, DIEGO F.; BRAZ, HENRIQUE B.; NOGUEIRA, CRISTIANO DE C.; ANTONELLI, ALEXANDRE. Patterns, biases and prospects in the distribution and diversity of Neotropical snakes. GLOBAL ECOLOGY AND BIOGEOGRAPHY, v. 27, n. 1, p. 14-21, JAN 2018. Citações Web of Science: 3.
EDLER, DANIEL; GUEDES, THAIS; ZIZKA, ALEXANDER; ROSVALL, MARTIN; ANTONELLI, ALEXANDRE. Infomap Bioregions: Interactive Mapping of Biogeographical Regions from Species Distributions. Systematic Biology, v. 66, n. 2, SI, p. 197-204, MAR 2017. Citações Web of Science: 20.
CITELI, NATHALIE; HAMDAN, BRENO; GUEDES, THAIS. Snake richness in urban forest fragments from Niteroi and surroundings, state of Rio de Janeiro, southeastern Brazil. BIODIVERSITY DATA JOURNAL, v. 4, 2016. Citações Web of Science: 1.
GUEDES, THAIS B.; NOGUEIRA, CRISTIANO; MARQUES, OTAVIO A. V. Diversity, natural history, and geographic distribution of snakes in the Caatinga, Northeastern Brazil. Zootaxa, v. 3863, n. 1, p. 1-93, SEP 19 2014. Citações Web of Science: 15.
GUEDES, THAIS B.; SAWAYA, RICARDO J.; NOGUEIRA, CRISTIANO DE C. Biogeography, vicariance and conservation of snakes of the neglected and endangered Caatinga region, north-eastern Brazil. Journal of Biogeography, v. 41, n. 5, p. 919-931, MAY 2014. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.