Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica demográfica e saúde nas regiões canavieiras do estado de São Paulo em tempos recentes de expansão da indústria sucroalcooleira

Processo: 13/14882-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Demografia - Tendência Populacional
Pesquisador responsável:Tirza Aidar
Beneficiário:André Gerioli Rocha
Instituição-sede: Núcleo de Estudos da População (NEPO). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Indústria sucro-alcooleira   Desenvolvimento econômico   Migração humana

Resumo

A proposta faz parte de projeto temático FAPESP "Geração de cenários de produção de álcool como apoio para a formulação de políticas públicas (...)" (N. 2008/58160-5), e tem como objetivo geral contribuir para maior conhecimento das conexões entre a expansão do cultivo da cana-de-açúcar e a dinâmica demográfica no estado de São Paulo. A produção da cana-de-açúcar no Estado cresceu significativamente nas últimas décadas, onde registra-se aumento importante da área plantada em diversas regiões, oscilações de produtividade, mecanização e incorporação de tecnologias e mão de obra. Particularmente para os municípios mais envolvidos, para o bem ou para o mal, esse processo pode ter repercussões relevantes na economia local, dinâmica social e demográfica. Visando a interface com os demais objetivos do projeto temático, os objetivos específicos desta proposta contemplam a organização, sistematização e análise de informações demográficas (Censos e PNAD, do IBGE, e Sistemas de Informação em Saúde e Registros Civil, dentre outras); o desenvolvimento e apoio às análises sobre a dinâmica demográfica, especialmente quanto aos fluxos migratórios, à distribuição da população ativa em função da atividade econômica, escolaridade, situação do domicílio urbano ou rural, e às tendências e diferenciais regionais no perfil de saúde de acordo com as principais causas de adoecimento e de morte (perfil epidemiológico). Como ponto de partida, e com o apoio de técnicas estatísticas multivariadas, os municípios e regiões do Estado serão classificados e agrupados segundo seu envolvimento com a recente expansão da indústria sucroalcooleira. (AU)