Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlações de poucos nucleons em teorias efetivas

Processo: 13/18571-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Nuclear
Pesquisador responsável:Tobias Frederico
Beneficiário:Kassem Moghrabi
Instituição-sede: Divisão de Ciências Fundamentais (IEF). Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Ministério da Defesa (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Física de hádrons   Teoria de campos   Assimetria   Grupo de renormalização   Equações de estado

Resumo

O nosso objetivo é melhorar as equações de estado (EoS) para matéria nuclear simétrica e assimétrica para razões neutron-proton diferentes, que foram derivadas utilizando interações de contato de Skyrme fenomenológicas, usando interações nucleon-nucleon (NN) de teorias efetivas quirais. Desde que ambas interações de Skyrme e e NN quiral contém termos que divergem on ultravioleta (UV) cálculos perturbativos em qualquer ordem trazem essas divergências. Temos a intenção de melhorar o esquema de corte abrupto e contratermos usado anteriormente para equações de estado, utilizando o método de subtração (invariante pelo grupo de renormalização), aplicado com sucesso no tratamento de equações de espalhamento, para construir um matriz-G renormalizada para essas interações efetivas singulares no UV. As equações do grupo de renormalização para a matriz-G renormalizada serão investigadas, bem como as contribuições da correlação NN trazidas pela matriz-G para as equações de estado da matéria nuclear simétrica/assimétrica. As equações do grupo de renormalização para as equações de estado serão também investigadas, bem como a generalização do método para temperaturas finitas. (AU)