Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de proteases de Leptospira envolvidas na degradação de proteínas da matriz extracelular

Processo: 13/17419-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Angela Silva Barbosa
Beneficiário:Ludmila Bezerra da Silva
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Leptospirose   Leptospira   Matriz extracelular   Peptídeo hidrolases

Resumo

A leptospirose, causada por bactérias espiroquetas do gênero Leptospira, é uma zoonose disseminada em todo o mundo. Altamente frequente em áreas tropicais e subtropicais, a doença representa, hoje, um grave problema de saúde pública. Nos últimos anos, pesquisas envolvendo fatores relacionados à patogênese da leptospirose vêm sendo realizadas. Leptospiras patogênicas possuem a habilidade de escapar aos mecanismos de defesa naturais do organismo ao evitar a lise mediada pelo sistema complemento e expressam uma série de proteínas de membrana com capacidade de interagir com moléculas da matriz extracelular e com células do hospedeiro. Neste projeto pretende-se avaliar se diversas estirpes de Leptospira são capazes de secretar proteases que degradam diretamente proteínas da matriz extracelular, ou seja, sem a utilização de fatores do hospedeiro. Ensaios realizados por nosso grupo indicam que proteínas secretadas por espécies patogênicas de Leptospira clivam diversas proteínas do sistema complemento humano, inativando-as. A habilidade de degradar moléculas do tecido conjuntivo pode contribuir para os processos de invasão e destruição tecidual observados durante a infecção por essas bactérias. Dentre as proteases secretadas por leptospiras patogênicas, selecionamos a metaloprotease NprT da classe das termolisinas para análise da atividade proteolítica neste projeto. Esta protease apresenta elevado grau de similaridade com proteases de outros patógenos que clivam proteínas de matriz, representando assim um relevante candidato para a degradação de substratos como laminina, fibronectina, colágenos, elastina e fibrinogênio. A identificação e a caracterização de proteases com capacidade de clivar proteínas de matriz extracelular é de grande importância, podendo contribuir para o desenvolvimento de estratégias terapêuticas e/ou preventivas que possam interferir no processo de invasão e destruição tecidual observados na leptospirose.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORAES, CLAUDIA T. P.; LONGO, JONATHAN; SILVA, LUDMILA B.; PIMENTA, DANIEL C.; CARVALHO, ENEAS; MORONE, MARIANA S. L. C.; DA ROS, NANCY; SERRANO, SOLANGE M. T.; SANTOS, ANA CAROLINA M.; PIAZZA, ROXANE M. F.; BARBOSA, ANGELA S.; ELIAS, WALDIR P. Surface Protein Dispersin of EnteroaggregativeEscherichia coliBinds Plasminogen That Is Converted Into Active Plasmin. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 11, JUN 18 2020. Citações Web of Science: 0.
DA SILVA, LUDMILA B.; MENEZES, MILENE C.; KITANO, EDUARDO S.; OLIVEIRA, ANA K.; ABREU, AFONSO G.; SOUZA, GISELE O.; HEINEMANN, MARCOS B.; ISAAC, LOURDES; FRAGA, TATIANA R.; SERRANO, SOLANGE M. T.; BARBOSA, ANGELA S. Leptospira interrogans Secreted Proteases Degrade Extracellular Matrix and Plasma Proteins From the Host. FRONTIERS IN CELLULAR AND INFECTION MICROBIOLOGY, v. 8, MAR 27 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.