Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação dos efeitos dos ácidos cafeico e clorogênico sobre a metilação, citotoxicidade, genotoxicidade e expressão gênica em células humanas Jurkat, HL-60 e JMA expostas ao agente desmetilante 5-azacitidina

Processo: 13/13733-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 02 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Lusânia Maria Greggi Antunes
Beneficiário:Lívia Cristina Hernandes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Epigênese genética   Metilação de DNA   Compostos fenólicos   Genotoxicidade   Ensaio cometa

Resumo

A influência de compostos bioativos da dieta no genoma tem sido evidenciada nos últimos anos, sendo destacado o papel relevante destes compostos na modulação epigenética. A associação de compostos da dieta e medicamentos utilizados na terapia do câncer representa uma alternativa promissora com o intuito de aumentar a eficácia do tratamento e minimizar efeitos adversos. Agentes desmetilantes de DNA têm sido empregados no tratamento de leucemias, e atuam alterando o padrão de metilação do DNA. Esse mecanismo promove uma reativação da expressão de genes silenciados, como genes supressores de tumor, sendo esta abordagem evidenciada em vários estudos com linhagens celulares leucêmicas. A hipótese deste projeto é que medicamentos que modulam epigeneticamente o DNA, como a 5-azacitidina, utilizados no tratamento de leucemias poderiam apresentar uma maior eficácia e redução dos efeitos adversos quando associados a compostos bioativos da dieta. Nesse sentido, os ácidos cafeico e clorogênico podem representar uma possibilidade promissora, uma vez que estes compostos fenólicos estão presentes em vários alimentos da dieta humana e, além disso, a inibição do crescimento celular em linhagens tumorais e os efeitos protetores em linhagens normais evidenciados na literatura podem favorecer a eficácia dos agentes desmetilantes. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar a influência dos ácidos cafeico e clorogênico associados ou não ao agente desmetilante 5-azacitidina sobre a metilação em regiões promotoras dos genes supressores de tumor CDKN2 e CDH13 nas linhagens celulares leucêmicas HL-60 e Jurkat, e na linhagem celular JMA, derivada de fibroblastos humanos de medula óssea. Adicionalmente, serão realizados ensaios de citotoxicidade, genotoxicidade pelo teste do cometa e pela análise do "Citoma", e a detecção de apoptose por citometria de fluxo. Além disso, com o intuito de verificar a modulação da expressão de genes supressores de tumor, será realizada a análise da expressão de RNA mensageiro dos genes CDKN2 e CDH13 por PCR em tempo real.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LÍVIA CRISTINA HERNANDES; ANA RITA THOMAZELA MACHADO; KATIUSKA TUTTIS; DIEGO LUÍS RIBEIRO; ALEXANDRE FERRO AISSA; PAULA PÍCOLI DÉVOZ; LUSÂNIA MARIA GREGGI ANTUNES. Caffeic acid and chlorogenic acid cytotoxicity, genotoxicity and impact on global DNA methylation in human leukemic cell lines. GENETICS AND MOLECULAR BIOLOGY, v. 43, n. 3, p. -, 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.