Busca avançada
Ano de início
Entree

Microencapsulação de antocianinas extraídas de resíduo de amora-preta (Rubus spp)

Processo: 13/11791-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Ivanise Guilherme Branco
Beneficiário:Camila Yamashita
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Resíduos agroindustriais   Antioxidantes   Liofilização   Antocianinas   Secagem   Maltodextrina   Microencapsulação   Amora

Resumo

O consumo de frutas proporciona importantes benefícios à saúde com implicações diretas na qualidade de vida. O Brasil possui uma das maiores produções agrícola do mundo, principalmente para a exportação. A crescente preocupação com o meio ambiente vem mobilizando segmentos do mercado e viabilizando projetos que levam à sustentabilidade do sistema de produção industrial. Diversos estudos sobre a composição de resíduos agroindustriais têm sido realizados com o intuito de que estes sejam adequadamente aproveitados, uma vez que a taxa de resíduos gerados é maior que a de degradação. Aplicando-se uma tecnologia adequada, este material pode ser convertido em produtos comerciais ou matérias-primas para processos secundários. Assim, produtos gerados a partir de fontes sustentáveis como os resíduos agroindustriais constitui uma nova diretriz a ser explorada pela indústria de alimentos. Dentre os resíduos gerados pela indústria, encontram-se os da amora-preta, fruta que possui diversas substâncias bioativas reconhecidas por suas propriedades promotoras de saúde e principalmente por sua alta atividade antioxidante. Seu resíduo é descartado ou destinado à ração animal, entretanto ainda contém biocompostos importantes, como as antocianinas. Tecnologias emergentes, como a microencapsulação, estão sendo introduzidas com o objetivo de melhorar o produto final visando proteger os nutrientes e compostos bioativos contra possíveis perdas nutricionais e estender a vida de prateleira. As maltodextrinas são frequentemente utilizadas como agentes encapsulantes na proteção de ingredientes sensíveis a fatores ambientais, por apresentarem boa eficácia. O presente projeto tem por objetivo geral a encapsulação das antocianinas extraídas de resíduo de amora-preta e avaliar sua estabilidade frente ao processo de liofilização.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)