Busca avançada
Ano de início
Entree

Dimensões da pesquisa brasileira no interdomínio dos Estudos Métricos da Informação em medicina

Processo: 13/16171-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Ciência da Informação - Biblioteconomia
Pesquisador responsável:Leilah Santiago Bufrem
Beneficiário:Juliana Lazzarotto Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/20732-1 - Dimensões metodológicas de pesquisa em estudos métricos, BE.EP.DR
Assunto(s):Organização do conhecimento

Resumo

Considera os Estudos Métricos da Informação como um interdomínio estabelecido entre a Ciência da Informação (CI) e outros campos do conhecimento, em que o conhecimento gerado depende da amálgama dos conhecimentos oriundos de ambos os campos. Pondera-o, também, como um campo em vias de institucionalização no Brasil. Identifica a produção periódica científica desse interdomínio manifesto entre a CI e a Medicina, consubstanciado nos Estudos Métricos da Informação, a fim de compreender suas configurações relacionais. Apresenta a questão de pesquisa: como se estabelecem e se concretizam as relações entre os domínios da CI e da Medicina, materializadas pelos Estudos Métricos da Informação? Como objetivo geral, reconhece teórica e empiricamente como se configuram as relações representadas pelo interdomínio de Estudos Métricos da Informação entre CI e Medicina. Defende como pressuposto a necessidade de visualizar, na prática empírica, o potencial metacientífico da CI, de modo especial, sua vertente investigativa no domínio de Estudos Métricos da Informação. Opta pela Medicina para consolidação e aplicação da concepção de interdomínio, não somente pela relevância social desse campo e do expressivo volume de sua produção científica, mas, de modo especial, por suas contribuições ao desenvolvimento das primeiras pesquisas que consolidaram o uso de fontes de informação científica no Brasil. Utiliza como corpus de análise, um conjunto de 132 artigos extraídos da Scopus, produzidos pelos autores brasileiros mais representativos do interdomínio nos referidos campos. Realiza a seleção desses autores com base em estudos precedentes: Grácio e Oliveira (2012); Mattos e Job (2008) e Freitas (2014). Como modalidade metodológica, adota três opções, a saber: a análise de conteúdo dos artigos do corpus, a técnica de questionário aplicado aos autores mais produtivos dos artigos, agentes representantes desse interdomínio, a fim de apreender suas percepções sobre as atividades de pesquisa que vêm realizando no âmbito dos Estudos Métricos da Informação, e também, a análise bibliométrica que permite observar os autores e periódicos mais evidenciados do corpus, as relações entre citantes e citados e as aproximações dos autores com enfoques e temáticas. Fundamenta a análise de conteúdo em critérios formulados a partir do modelo quadripolar da prática metodológica de Bruyne, Herman e Schoutheete (1977), que congrega os polos epistemológico, teórico, morfológico e técnico e, nas dimensões complementares da pesquisa: a ética e a política, propostas por Bufrem (2013). Confronta a produção periódica científica dos autores com suas respostas ao questionário para analisar a coesão entre discurso e resultado efetivo de suas pesquisas. Considera os interdomínios uma oportunidade de contribuição ou colaboração entre campos e apresenta possibilidades de análise da produção e organização do conhecimento científico, promovidas pela CI, como contribuição à realização de metapesquisas em diferentes domínios.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FREITAS, Juliana Lazzarotto. Dimensões da pesquisa brasileira no interdomínio dos estudos métricos da informação em medicina. 2017. 201 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista (Unesp) Faculdade de Filosofia e Ciências.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.