Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do condicionamento ácido prévio na resistência de união de um novo sistema adesivo multi-mode aplicado às estruturas dentais

Processo: 13/13616-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Mirela Sanae Shinohara
Beneficiário:Sinval Pereira do Amaral Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Dentina   Esmalte dentário   Adesivos dentinários   Microtração   Resistência de união (odontologia)

Resumo

Os sistemas adesivos multi-mode é uma nova categoria inserida no mercado, que podem ser aplicados com ou sem o condicionamento ácido prévio (ac), visando simplificar a técnica de aplicação e minimizar os erros. O objetivo desta pesquisa será avaliar in vitro a resistência de união de 2 sistemas adesivos (SA): Adper Single Bond 2 (SB) - SA convencional e Single Bond Universal (SBU) - SA multi-mode, quando aplicados nos diferentes substratos dentais: esmalte (E), dentina (D) e junção amelo-dentinária (AD). Serão selecionados 45 dentes bovinos e em cada dente serão confeccionados 2 preparos cavitários classe II (PC-II) padronizados (6,0mm x 3,5mm x 2,0mm). Em seguida, os PC-II serão separados aleatoriamente em 9 grupos (n=10) de acordo com a técnica adesiva utilizada e o substrato a ser analisado: 1.SB/E; 2.SB/D; 3.SB/AD; 4.SBU/E; 5.SBU/D; 6.SBU/AD; 7.SBU/E-ac; 8.SBU/D-ac; 9.SBU/AD-ac. Todos os adesivos serão aplicados conforme as instruções dos fabricantes nos PC-II, que serão restaurados com resina composta Filtek Z350XT (3M ESPE) em 3 incrementos de 2,0mm cada, fotopolimerizando cada incremento por 20 segundos. Após 7 dias de armazenamento em água destilada à 37oC, as amostras serão seccionadas para obtenção de 3 fragmentos de cada restauração e as interfaces adesivas serão reduzidas até uma área de 0,8mm², obtendo-se espécimes em forma de ampulheta. As ampulhetas serão submetidas ao teste de microtração à velocidade de 1mm/min e os valores em MegaPascal serão analisados estatisticamente ao nível de significância a 5%.