Busca avançada
Ano de início
Entree

Reconstituição da temperatura de superfície do mar e salinidade na região equatorial brasileira no Holoceno tardio: inferências paleoclimáticas

Processo: 13/10676-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 15 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Geológica
Pesquisador responsável:Silvia Helena de Mello e Sousa
Beneficiário:Nancy Kazumi Taniguchi
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/26951-1 - Reconstituição das propriedades hidrográficas da superfície do mar, na margem equatorial brasileira durante o holoceno, BE.EP.MS
Assunto(s):Paleoclimatologia   Holoceno   Oceano Atlântico   Temperatura da superfície do mar   Foraminifera

Resumo

A reconstituição de condições ambientais é importante para a compreensão da variabilidade climática global e essencial para o fornecimento de previsões de mudanças climáticas. A temperatura da superfície do mar (TSM) é o parâmetro mais importante para a compreensão da dinâmica climática da Terra e utilizado como parâmetro de contorno em modelos de simulação possibilitando revisões climáticas mais precisas. O presente projeto propõe a investigação das variações das condições hidrográficas de superfície, TSM e salinidade, e suas possíveis relações com variação no aporte continental da margem equatorial brasileira durante o Holoceno Tardio. A hipótese deste trabalho pressupõe a existência de relação entre variações dos parâmetros hidrográficos de superfície e variações no aporte continental decorrentes de mudanças na posição da zona de convergência intertropical na região de estudo durante o Holoceno Tardio. Para reconstituição das condições hidrográficas de superfície do mar serão utilizados dados de isótopos estáveis ´18O e razão elementar Mg/Ca de carapaças de foraminíferos planctônicos e para variação do aporte continental, dados sedimentológicos e geoquímicos como granulometria e concentração de elementos (e.g.: Fe, Ti, Al e Ca). Esta proposta está vinculada ao projeto Response of Amazon sedimentantion to deforestation, land useand climate variability (AMADEUS), em parceria com a Universidade de Bremen, que visa compreender a relação entre as variações na circulação de revolvimento meridional do Atlântico e a precipitação tropical em escala milenar. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TANIGUCHI, Nancy Kazumi. Reconstituição paleoceanográfica e inferências paleoclimáticas na margem equatorial Brasileira no Holoceno Médio e Tardio. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto Oceanográfico São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.