Busca avançada
Ano de início
Entree

As vias de p53/ARF e interferon-beta como alvos de terapia gênica de carcinoma colorretal

Processo: 13/16074-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Bryan Eric Strauss
Beneficiário:Paulo Roberto Del Valle
Instituição-sede: Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (ICESP). Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/04446-1 - Tratamento de amostras primárias de tumores colorretais com quinacrina e 5-fluorouracil, BE.EP.DR
Assunto(s):Neoplasias colorretais   Células dendríticas   Interferon beta   Genes p53   Terapia genética

Resumo

O câncer colorretal é o terceiro em mortalidade, e apesar das classificações moleculares, entre 30% e 40% dos pacientes apresentam recidiva após quimioterapia, o que aponta a necessidade de novas estratégias terapêuticas. É crescente o estudo de vetores virais para a terapia gênica do câncer, e dados do nosso laboratório mostraram que a entrega combinada dos genes Arf (supressor tumoral) e interferon-b (IFN², citocina imunomodulatória), via vetores adenovirais sob o controle do promotor responsivo à p53 causou indução de morte celular massiva e um efeito imunomodulatório importante. Entretanto, esses resultados foram observados em camundongos. O presente trabalho pretende avaliar se o efeito observado com esta combinação de transferência gênica se repete em modelo de carcinoma humano utilizando a linhagem HCT116 (carcinoma colorretal humano, p53-selvagem) em ensaios in vitro e in vivo. Pretendemos também iniciar trabalhos para avaliar o papel de p53 nesta resposta através do uso da linhagem isogênica, HCT116p53-/-, onde o p53 endógeno foi nocauteado. Também, montaremos um modelo ex vivo para avaliar a resposta de células dendríticas (principal direcionadora da resposta imune) e células T de pacientes com câncer e doadores saudáveis frente às linhagens tratadas com nossos vetores virais. Com este projeto, nossa abordagem de terapia gênica será avaliada em um modelo humano que revelará não apenas a resposta aos transgenes, mas também abrirá o caminho para estudar o papel de p53 em nossos tratamentos e se este tratamento poderá ativar uma resposta imunológica em modelo humano.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
STRAUSS, BRYAN E.; OLIVEIRA SILVA, GISSELE ROLEMBERG; VIEIRA, IGOR DE LUNA; DUTRA CERQUEIRA, OTTO LUIZ; DEL VALLE, PAULO ROBERTO; VIEIRA MEDRANO, RUAN FELIPE; MENDONCA, SAMIR ANDRADE. Perspectives for cancer immunotherapy mediated by p19Arf plus interferon-beta gene transfer. Clinics, v. 73, n. 1 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.