Busca avançada
Ano de início
Entree

Ampliação das atividades de um currículo suplementar de ensino de leitura e escrita: incluindo professores

Processo: 13/14613-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Camila Domeniconi
Beneficiário:Ricardo Martinelli Bondioli
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57705-8 - Instituto de Estudos sobre Comportamento, Cognição e Ensino, AP.TEM
Assunto(s):Professores   Escrita   Leitura

Resumo

O emprego de um currículo suplementar para o ensino de leitura e escrita nas escolas municipais, como estratégia de reforço escolar, tem sido eficiente para aprendizes com repertórios diversificados. Porém, tal currículo tem levantado questionamentos sobre a generalização da aprendizagem da leitura da palavra isolada, ensinada a partir das sessões informatizadas, para a realização das atividades propostas pelo professor da sala de aula regular. Acredita-se que a participação deste professor possa maximizar a aprendizagem para todos os aprendizes. Assim, o presente projeto tem como objetivos: avaliar a velocidade de aquisição e a curva de aprendizagem das habilidades de leitura e escrita em crianças, a partir da aplicação de um conjunto de atividades a serem aplicadas pelos professores do reforço escolar, com o uso do currículo suplementar, articuladas com as atividades a serem empregadas pelos professores da sala de aula regular. Serão recrutados dez aprendizes do ensino fundamental com histórico de fracasso escolar; dois professores da sala de aula regular, em que os aprendizes estarão inseridos, e um professor do reforço para comporem o grupo experimental. Ademais, serão recrutados outros dez aprendizes com desempenhos similares aos do grupo experimental, na avaliação do pré-teste, para comporem o grupo controle. As sessões informatizadas do currículo suplementar serão aplicadas três vezes por semana, com os dois grupos. As intervenções a serem aplicadas pelo professor de sala de aula ocorrerão duas vezes por semana com todos os aprendizes do grupo experimental. Após a realização destas atividades será aplicada uma sonda de leitura, assim como após o término de cada Unidade de ensino no currículo suplementar. Será conduzida uma análise individual de cada aprendiz, além de medidas adicionais do comportamento dos professores na interação com os aprendizes. Serão conduzidas medidas de pós-teste e follow-up similares ao pré-teste. Espera-se que as atividades a serem aplicadas na sala de aula concatenadas às atividades do currículo suplementar possam contribuir na generalização da aprendizagem para outros contextos.