Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de Raios Cósmicos de Ultra-Alta Energia com os dados do Observatório Pierre Auger

Processo: 13/15146-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Carola Dobrigkeit Chinellato
Beneficiário:Daniel Pakk Selmi-Dei
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/07359-6 - Estudo dos raios cósmicos de mais altas energias com o Observatório Pierre Auger, AP.TEM
Assunto(s):Raios cósmicos

Resumo

Os mecanismos de produção e aceleração dos Raios Cósmicos de Ultra-Alta Energia (RCUAEs) são um dos principais problemas em aberto na astrofísica de partículas (ou Física de Astropartículas). Esta área teve uma enorme revitalização nas últimas décadas, parcialmente devido aos avanços das técnicas experimentais e parcialmente devido às descobertas de novas estruturas no espectro de raios cósmicos e de novas fontes astrofísicas de partículas e de raios gama de ultra-alta energia. Recentemente, estudos sobre a anisotropia dos eventos do Observatório Pierre Auger revelaram uma importante correlação com as posições de Núcleos Ativos de Galáxias (AGNs, na sigla em inglês). A estatística crescente de eventos permitirá a confirmação ou refutação das correlações e deverá impor vínculos fortes nos modelos teóricos.