Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação do efeito imediato da aplicação da oscilação oral de alta frequência com a técnica de vibração de língua em indivíduos sem queixas vocais

Processo: 13/13950-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Kelly Cristina Alves Silverio
Beneficiário:Nayara de Oliveira Souza
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Análise e desempenho de tarefas   Voz   Ventilação de alta frequência

Resumo

Objetivo: Verificar os efeitos imediatos da oscilação oral de alta frequência gerada pelo aparelho Flutter VRP1® na qualidade vocal e comparar seus efeitos com a técnica de vibração de língua sonorizada em indivíduos normais e sem queixa vocal. Metodologia: Serão estudados 60 indivíduos de ambos os sexos, na faixa etária de 18 a 45 anos de idade. Após assinarem o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido os indivíduos responderão a questões sobre autoavaliação da voz, sintomas vocais/laríngeos, dor musculoesquelética; passarão por registro vocal com emissão da vogal /a/, contagem de 1 a 20 e fala espontânea para posterior análise perceptivoauditiva e acústica. Em seguida serão divididos em dois grupos: Grupo 1- 30 indivíduos que passarão por aplicação da técnica de vibração lingual sonorizada (TVLS) executada por 3 minutos; Grupo 2- 30 indivíduos que passarão por aplicação da oscilação oral de alta frequência (OOAF) gerada pelo aparelho Flutter VRP1® executada por 3 minutos. Após a aplicação da técnica sorteada, os mesmos procedimentos de registro vocal inicial serão repetidos e será aplicado um questionário de autoavaliação que investigará o efeito destes recursos quanto às sensações na voz, laringe, articulação e respiração. Os dados serão analisados estatisticamente por meio de testes paramétricos, a fim de comparar os dados antes e após a aplicação da TVLS e da OOAF, bem como comparar os grupos estudados.