Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de intervenção breve com pais para prevenção do trauma cerebral abusivo

Processo: 13/20943-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Convênio/Acordo: Fundação Maria Cecília Souto Vidigal
Pesquisador responsável:Lúcia Cavalcanti de Albuquerque Williams
Beneficiário:Victor Oliver Mattar
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/51583-3 - Avaliação de intervenção breve com pais para prevenção do trauma cerebral abusivo, AP.R
Assunto(s):Maus-tratos infantis   Traumatismos encefálicos   Ação preventiva

Resumo

O presente estudo pretende avaliar a eficácia de uma intervenção breve para o aumento de conhecimento sobre Trauma Cerebral Abusivo entre pais gestantes ou de recém-nascidos. Participarão do estudo 100 pais do sexo masculino que estejam esperando um bebê, ou seja, pais gestantes, ou que tenham filhos recém-nascidos. Estes participantes serão selecionados a partir de indicação das Unidades Básicas de Saúde ou das maternidades do município em que o estudo será realizado. Os participantes serão divididos aleatoriamente em dois grupos: Grupo Experimental e Grupo Controle de Espera. O delineamento para o Grupo Experimental será: pré-teste - intervenção - pós-teste 1 - pós-teste 2 - follow-up. Já para o Grupo Controle de Espera, o delineamento será: pré-teste - pós-teste 2 - follow-up - intervenção. A intervenção consistirá na exibição de um vídeo educativo e uma leitura de um panfleto sobre os riscos de sacudir um bebê, o padrão de choro do bebê nos primeiros meses e as estratégias adequadas para lidar com o choro, bem como na discussão dos principais pontos abordados pelos materiais. Para avaliação do conhecimento dos pais sobre Trauma Cerebral Abusivo será utilizado o Questionário sobre o Choro do Bebê. Espera-se que a intervenção promova aumento do conhecimento sobre Trauma Cerebral Abusivo, auxiliando na sua prevenção. (AU)