Busca avançada
Ano de início
Entree

Fatores associados ao tabagismo em mulheres adultas: estudo de base populacional em Campinas, São Paulo.

Processo: 13/20252-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Marilisa Berti de Azevedo Barros
Beneficiário:Carolina Peres Batalha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Prevalência   Tabagismo   Mulheres   Hábito de fumar

Resumo

Apesar das taxas de estabilidade do tabagismo na população feminina, os índices de regressão são baixos e ainda mais preocupantes em países em desenvolvimento, onde ocorre a tendência de feminilização, pauperização e juvenilização do vício. A atenção à saúde da mulher se evidencia ainda mais devido as particularidades biológicas e sociais femininas, que são amplamente influenciadas por esse nocivo hábito. Este projeto de pesquisa tem como objetivos investigar a prevalência do tabagismo ativo e passivo e o grau de dependência, bem como as condições demográficas e socioeconômicas, de comportamentos relacionados à saúde e de estado de saúde, em mulheres residentes da área urbana do município de Campinas, São Paulo. Serão utilizados dados do inquérito de Saúde ISACamp 2008/2009. Trata-se de um estudo transversal de base populacional, com amostra probabilística estratificada. Os dados foram digitados no programa Epilnfo 6.04 e serão analisados no Stata 11.0. Na tentativa de conter a epidêmica do tabaco conhecer o perfil das mulheres que fumam é de suma importância para embasar as políticas de saúde pública que visem melhoras das condições de saúde e redução dos índices de morbimortalidade entre essa população.