Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da remoção de hemicelulose do bagaço de cana-de-açúcar na sulfonação da lignina e na hidrólise enzimática da celulose

Processo: 13/18439-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Adriane Maria Ferreira Milagres
Beneficiário:Guilherme Galvão de Campos
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Assunto(s):Hidrólise enzimática   Lignina   Bagaço de cana-de-açúcar   Hemicelulose   Sulfitos   Alta temperatura

Resumo

A lignina e hemicelulose restringem a ação de celulases dos materiais lignocelulósicos. A hemicelulose pode ser removida por ácidos a alta temperatura, mas durante o processo a lignina se funde e redistribui sobre a celulose dificultando a acessibilidade das celulases. O presente projeto objetiva analisar o efeito do tratamento sulfito alcalino sobre um bagaço de cana-de-açúcar previamente tratado com ácido sulfúrico (celulignina). Serão verificadas as taxas de remoção dos componentes estruturais do bagaço e o índice de conversão da celulose à glicose. Para isso, tanto um bagaço "in natura", que desempenhará papel de controle, quanto uma celulignina (bagaço tratado com H2SO4 1% a 121 ºC por 10 min) serão submetidos ao tratamento com Na2SO3 e NaOH (10 e 5% m/m respectivamente e 5 e 2,5% m/m ) e as polpas obtidas serão submetidas à caracterização química, quantificação de grupos sulfônicos e hidrolise enzimática. Se os resultados obtidos forem positivos, superando os resultados dos tratamentos utilizados atualmente, pretende-se verificar quais possíveis simplificações podem ser realizadas no processo, como, por exemplo, a não lavagem da polpa após o tratamento com licor alcalino e um ajuste de pH, sem que os rendimentos caiam. (AU)