Busca avançada
Ano de início
Entree

Condições periodontais e ocorrência de microrganismos periodontopatogênicos em pacientes com dependência química

Processo: 13/05650-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2013
Vigência (Término): 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Elerson Gaetti Jardim Júnior
Beneficiário:Ana Paula Miranda Vieira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Periodontite   Ecologia microbiana   Dependentes químicos   Fatores de risco

Resumo

A dependência química está ganhando aspectos dramáticos em função de suas dimensões e dos efeitos que impõe aos atingidos. Esses agentes químicos são capazes de reduzir a reatividade imunológica e o reparo tecidual, além de potencializar a agressão microbiana, agravando a destruição do periodonto e outros efeitos colaterais. Esse estudo objetiva avaliar a presença dos principais patógenos periodontais na boca de pacientes dependentes, comparando-os com indivíduos que não apresentam essa dependência, bem como avaliar se as condições bucais afetam a ocorrência desses microrganismos. Para tanto, foram obtidos dados referentes às condições de saúde sistêmicas, socioeconômicas, consumo de medicamentos, uso de drogas lícitas ou ilícitas de 100 pacientes com dependência química mantidos em clínica de desintoxicação e igual número de pacientes não dependentes, que constituirão o grupo controle. Foram realizados exames clínicos intra e extrabucais e foram coletadas amostras de biofilme subgengival e supragengival, saliva e mucosas. A presença de Aggregatibacter actinomycetemcomitans, Porphyromonas gingivalis, Prevotella intermedia, P. loescheii, P. nigrescens, Tannerella forsythia e Treponema denticola será avaliada por meio da reação em cadeia da polimerase (PCR). Odds ratios serão calculadas para determinar os fatores de risco para as infecções periodontais e a possibilidade de inter-relações entre os parâmetros clínicos e microbiológicos estudados será avaliada através de regressão logística multivariada.