Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do metabolismo de lipídeos no desenvolvimento inicial de embriões bovinos produzidos in vitro

Processo: 13/13199-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Marcella Pecora Milazzotto
Beneficiário:Kelly Annes
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Bovinos   Embrião   Metabolismo embrionário   Lipídeos

Resumo

Anualmente, mais de 800.000 embriões bovinos são transferidos para vacas receptoras, sendo um terço desse total produzidos em laboratório, onde oócitos são fecundados in vitro. Apesar destes números, os índices de blastocistos produzidos ainda permanecem baixos; em torno de 40% dos oócitos inicialmente cultivados chegam ao estádio de blastocisto, e os que chegam, muitas vezes, estão comprometidos em termos de qualidade e competência. Essa competência muitas vezes é avaliada pela morfologia embrionária, taxas de clivagem e blastocistos. Entretanto, com o advento de novas biotecnologias, tem-se tornado claro que a competência embrionária pode ser severamente comprometida sem alterações morfológicas perceptíveis, mas sim devido a diferenças metabólicas encontradas no início do desenvolvimento embrionário. Uma dessas alterações está no grande acúmulo lipídico nos embriões PIV que é associado com sua baixa capacidade de criopreservação e com menor potencial de desenvolvimento embrionário, podendo ser um indicativo de condições de cultivo inadequadas quando comparadas com o sistema in vivo. Assim, uma das potenciais vias a serem relacionadas com a viabilidade embrionária seria a via de síntese e metabolismo dos lipídeos. Com isso o objetivo desse trabalho é caracterizar em embriões bovinos de diferentes velocidades de desenvolvimento o padrão de consumo/produção de moléculas relacionadas ao metabolismo lipídico, buscando um possível biomarcador da viabilidade embrionária. Para isso embriões bovinos serão produzidos in vitro em sistemas de cultivo de microgotas individuais, classificados quanto a cinética de desenvolvimento e retirados para avaliação em diferentes fases do desenvolvimento inicial. Essas avaliações consistirão em quantificação de lipídeos totais (SUDAN BLACK B), caracterização de lipídeos por cromatografia gasosa associada a espectrometria de massa e expressão de genes relacionados ao metabolismo de lipídeos por PCR em tempo real.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANNES, KELLY; SUDANO, MATEUS JOSE; BELAZ, KATIA ROBERTA A.; TATA, ALESSANDRA; SANTOS, VANESSA GONCALVES; DA FONSECA JUNIOR, ALDCEJAM MARTINS; DOS SANTOS, ERIKA CRISTINA; EBERLIN, MARCOS NOGUEIRA; MILAZZOTTO, MARCELLA PECORA. Lipid characterization of in vitro-produced bovine embryos with distinct kinetics of development. ZYGOTE, v. 27, n. 6, p. 413-422, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
MILAZZOTTO, MARCELLA PECORA; GOISSIS, MARCELO DEMARCHI; CHITWOOD, JAMES LEE; ANNES, KELLY; SOARES, CARLOS ALEXANDRE; ISPADA, JESSICA; ORTIZ AVILA ASSUMPCAO, MAYRA ELENA; ROSS, PABLO JUAN. Early cleavages influence the molecular and the metabolic pattern of individually cultured bovine blastocysts. Molecular Reproduction and Development, v. 83, n. 4, p. 324-336, APR 2016. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

MÉTODO DE CULTIVO INDIVIDUAL DE EMBRIÕES BOVINOS PRODUZIDOS IN VITRO BR1020160081858 - Universidade Federal do ABC (UFABC) . Marcella Pecora Milazzotto - 13 de abril de 2016