Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem, expressão e purificação da enzima epóxido hidrolase de Trichoderma reesei

Processo: 13/19136-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Felipe Santiago Chambergo Alcalde
Beneficiário:Mariana Ignácio
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hidrocarbonetos aromáticos policíclicos   Epóxido hidrolases   Escherichia coli   Trichoderma reesei   Biorremediação   Biologia molecular

Resumo

Diversos compostos químicos complexos estão contaminando e se acumulando no meio ambiente, colocando em risco a saúde humana e a vida no planeta. Na natureza, vários micro-organismos (bactérias e fungos) desenvolveram a capacidade metabólica de degradação e utilização destes compostos contaminantes (hidrocarbonetos mono- ou poli- aromáticos) como fonte de carbono, nitrogênio e energia. Os fungos filamentosos são reconhecidos por sua versatilidade metabólica, entretanto, existem poucas informações sobre as vias metabólicas que utilizam os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (HAPs). Neste projeto, pretende-se clonar, expressar e purificar a enzima epóxido hidrolase, que está envolvida nas vias metabólicas que utilizam HAPs no fungo filamentoso Trichoderma reesei, a fim de determinar sua potencial utilização como agente de biorremediação de áreas contaminadas. (AU)