Busca avançada
Ano de início
Entree

Biodiversidade remanescente em áreas de preservação permanente (APPs) do nordeste paulista: situação da mastofauna de médio e grande porte

Processo: 13/12914-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2013
Vigência (Término): 10 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Adriano Garcia Chiarello
Beneficiário:Roberta Montanheiro Paolino
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/13759-8 - Biodiversidade remanescente em áreas de preservação permanente (APP)do nordeste paulista: situação da mastofauna de médio e grande porte, BE.EP.MS
Assunto(s):Cerrado   Áreas de conservação

Resumo

Nas últimas décadas, a destruição e fragmentação dos habitats, a sobre-exploração, a poluição e a introdução de espécies invasoras têm ameaçado a biodiversidade, aumentado as taxas de extinção, principalmente de mamíferos. A manutenção da biodiversidade é uma das principais funções das Áreas de Preservação Permanente (APPs), as quais tem sido alvo de grande discussão quanto à sua configuração com a aprovação da Lei Nº 12.651/2012, a qual alterou o Código Florestal Brasileiro. Nesse contexto, este projeto visa analisar a manutenção da biodiversidade de mamíferos de médio e grande porte proporcionada por APPs em uma região de agricultura e silvicultura intensivas no nordeste do Estado de São Paulo. Tal análise será feita com base no cálculo do índice de diversidade WPI (Wildlife Picture Index) em pontos amostrais dentro e fora de APPs, localizados em três diferentes paisagens com importantes remanescentes de Cerrado e seus respectivos entornos, em Luiz Antônio, Cajuru, Altinópolis e São Simão. Para entender quais fatores da paisagem estão relacionados com a manutenção da biodiversidade, serão usados Modelos Lineares Generalizados (GLMs), nos quais o WPI será a variável resposta e os fatores da paisagem as preditoras (quantidades de vegetação nativa em APP, de vegetação nativa, cana-de-açúcar, silvicultura e centros urbanos no buffer; e distância de estrada). Os dados de presença e ausência das espécies serão coletados por armadilhamento fotográfico, durante as estações secas dos anos de 2013 e 2014. Dados de observação direta, identificação de vestígios e de vocalizações complementarão os de armadilhamento fotográfico para realizar um inventário qualitativo da mastofauna de médio e grande porte das áreas de estudo. Será, também, investigada a influência de fatores da paisagem na abundância relativa da jaguatirica (Leopardus pardalis), visando compreender sua preferência de habitat dentro e fora das APPs.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PAOLINO, ROBERTA M.; ROYLE, JEFFREY A.; VERSIANI, NATALIA F.; RODRIGUES, THIAGO F.; PASQUALOTTO, NIELSON; KREPSCHI, VICTOR G.; CHIARELLO, ADRIANO G. Importance of riparian forest corridors for the ocelot in agricultural landscapes. JOURNAL OF MAMMALOGY, v. 99, n. 4, p. 874-884, AUG 13 2018. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PAOLINO, Roberta Montanheiro. Importância das Áreas de Preservação Permanente (APP) ripárias para a mastofauna no nordeste do Estado de São Paulo. 2015. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.